segunda, 22 de julho de 2024
Geral
09/07/2024 | 11:07

Santa Catarina será destaque em Congresso de Operações Policiais realizado em São Paulo

Santa Catarina será destaque em Congresso de Operações Policiais realizado em São Paulo
Secretário de Administração Prisional, Carlos Alves, fará palestra abordando o sistema prisional catarinense e as estratégias que vêm colocando o Estado como destaque nacional em Segurança Pública.
 
Foi divulgado recentemente no Brasil o Atlas da Violência 2024, elaborado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). O documento trouxe à tona dados sobre a segurança pública em Santa Catarina, entre eles a importante redução de 40,5% na taxa de homicídios por 100 mil habitantes, considerando o período de 2017 a 2022. Os resultados são ainda mais expressivos quando o recorte observado é de jovens entre 15 e 29 anos, com uma queda na taxa de homicídios de 56,3% no mesmo período. A Segurança Pública catarinense já vem se destacando há um tempo no cenário brasileiro. No ano passado, Santa Catarina foi classificada em 1º lugar na pesquisa nacional do Ranking de Competitividade dos Estados, realizado pelo Centro de Liderança Política (CLP), em parceria com as organizações Gove e Seall. A posição foi alcançada levando em conta os baixos indicadores criminais em relação aos demais estados do país.
 
Outro ponto de destaque catarinense foi a performance de municípios com mais de 100 mil habitantes. Jaraguá do Sul, localizada no Norte do Estado, apresentou a menor taxa de homicídios estimados, com apenas 2,2 mortes por 100 mil habitantes em 2022. Além disso, Tubarão (taxa de 3,6) e Brusque (taxa de 4,2) também figuraram entre as cinco cidades com menores índices de homicídios estimados no Brasil. A capital catarinense, Florianópolis, foi apontada como a mais segura entre as capitais brasileiras, com uma taxa de 8,9 homicídios estimados (2022). Em seguida aparecem Brasília (DF) com 13,0, e Cuiabá (MT) com 15,2 homicídios por 100 mil habitantes.
 
Os resultados positivos de Santa Catarina serão tema de destaque no próximo Congresso de Operações Policiais - COP Internacional, que ocorrerá em outubro em São Paulo-SP e reunirá autoridades e profissionais de Segurança Pública e Defesa de todo o país. O Estado será representado pelo Secretário de Administração Prisional, Carlos Alves, que fará uma palestra sobre o sistema carcerário catarinense. O evento promete ser uma oportunidade para compartilhar experiências e estratégias que têm contribuído para a redução da criminalidade.
 
Secretário de Administração Prisional, Carlos Alves
 
De acordo com João Sansone, especialista em segurança pública, idealizador e responsável pela organização do COP 2024, os resultados que Santa Catarina vem apresentando nos últimos anos refletem um esforço conjunto de todos os entes que compõem a Segurança Pública e Defesa no Estado. “Temos visto em SC o quanto um planejamento bem feito e uma execução bem combinada entre todas as Forças de Segurança Pública podem fazer com que a população se beneficie de um Estado mais seguro, com redução da criminalidade e aumento da qualidade de vida”, argumenta Sansone. 
 
 
Sobre o COP Internacional
O COP Internacional é o maior evento latino-americano voltado para a atividade policial e tem por objetivo integrar a sociedade civil junto às forças de segurança, defesa e justiça do Brasil. Para este ano, o congresso conta novamente com o apoio institucional da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo e a programação do evento está totalmente pensada para a produção de conteúdo diferenciado, buscando a qualificação e atualização dos profissionais do setor através de palestras e feira de negócios. O evento é gratuito, aberto ao público a partir dos 18 anos e já está com inscrições abertas pelo site https://cop.pro.br/. 
 

JORNAL IMPRESSO
19/07/2024
12/07/2024
05/07/2024
28/06/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS