quarta, 24 de julho de 2024
Saúde
04/07/2024 | 20:52

Governo do Estado entrega equipamentos inéditos para o Samu

Fotos: Robson Valverde/ SES
 
O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), entregou 52 novos equipamentos médicos que irão equipar as Unidades de Suporte Avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Com investimento de cerca de R$ 1 milhão, a tecnologia vai representar um salto na qualidade do serviço prestado à população. Esta será a primeira vez que as ambulâncias irão contar com capnográfos e aparelho de ultrassonografia. O ato ocorreu na sede do Samu em Coqueiros, Florianópolis, nesta quarta-feira, 3.
 
“Nosso compromisso é avançar sempre com o serviço prestado pelo Samu, qualificando o parque tecnológico e garantindo a cobertura em todo o Estado. Queremos que os catarinenses tenham acesso à assistência em saúde com qualidade e para isso trabalhamos de forma permanente com toda a nossa equipe”, destaca o secretário de Estado da Saúde, Diogo Demarchi.
 
Foram entregues 10 desfibriladores, nove respiradores, 22 capnográfos e nove sonares cardiofetais, adquiridos com recursos do Governo do Estado. Além disso, o juiz federal e diretor da Justiça Federal de Santa Catarina, Henrique Luiz Hartmann, realizou a entrega simbólica de dois aparelhos de ultrassonografia portáteis, que foram adquiridos com recursos de doação da 7ª Vara da Justiça Federal em Santa Catarina.
 
Para o presidente da Fahece, Alvin Laemmel, organização social que faz a gestão do Samu/USA junto à SES, o investimento tecnológico dá à unidade móvel condições tecnológicas similares a uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). “Eu que acompanho há anos o exercício da medicina, testemunho com muita alegria o avanço que esses equipamentos significam ao atendimento aos pacientes do SAMU. São ferramentas que farão toda a diferença para salvar vidas”, completa.
 
A deputada federal Carmen Zanotto ressaltou que a entrega é resultado do trabalho realizado durante o governo de Jorginho Mello. E que agora se mantém no compromisso de buscar no Congresso Nacional mais recursos para a saúde dos catarinenses. “Queremos ampliar para todas as regiões esses ultrassons portáteis e vou pessoalmente garantir essa ampliação”, afirma a parlamentar que esteve à frente da SES até junho.
 
Atenção a pacientes graves
 
 
Entre os equipamentos está o capnográfo, que é uma importante ferramenta de monitoramento em tempo real da concentração ou pressão parcial de CO2 (dióxido de carbono, também conhecido como gás carbônico) nos gases respiratórios expirados pelo paciente durante a ventilação pulmonar mecânica. O ultrassom vai permitir visualizar, com detalhes, as movimentações das estruturas internas do paciente, bem como seus órgãos e tecidos.
 
Já o desfibrilador, essencial ao tratar uma vítima de parada cardiorespiratória, vai auxiliar os profissionais do serviço do Atendimento Pré-Hospitalar móvel catarinense na realização de diagnósticos e monitoramentos de pacientes em situações cardiológicas. Com os sonares cardiofetais, o profissional do Samu/USA poderá acompanhar durante o atendimento, o desenvolvimento fetal e dos batimentos cardíacos, que indicam à gestante a condição de saúde do seu bebê.
 
Fonte: Governo SC

JORNAL IMPRESSO
19/07/2024
12/07/2024
05/07/2024
28/06/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS