sábado, 20 de julho de 2024
Esportes
24/06/2024 | 15:01

Fernando Diniz é demitido e deixa o Fluminense sete meses após título da Libertadores

Depois de uma longa reunião na manhã desta segunda-feira, o Fluminense demitiu Fernando Diniz do cargo de treinador da equipe. O técnico, que conquistou o título do Campeonato Carioca e da Libertadores de 2023, além da Recopa Sul-Americana em 2024, deixa o cargo após o pior início de Brasileirão da história do clube - com uma vitória em onze rodadas. A informação foi publicada pelo 'ge' e confirmada pelo EXTRA.
 
Fernando Diniz deixa o comando do Fluminense pouco mais de dois anos depois do seu retorno após a primeira passagem pelo clube, em 2019. Em duas temporadas, foram 151 partidas, com 75 vitórias, 31 empates e 45 derrotas.
 
A demissão vem pouco mais de sete meses depois da conquista da Libertadores em 2023, onde o treinador foi o grande responsável por montar o elenco que levantou o título mais importante da história do clube. O título fez Diniz ser considerado o 'melhor treinador da América', na eleição feita pelo jornal 'La Nación', do Uruguai.
 
Curiosamente, no mês passado, o Fluminense havia renovado o contrato de Fernando Diniz até o final de 2025. Naquele momento, o presidente Mário Bittencourt disse que a extensão do vínculo do treinador era um projeto visando o 'longo prazo' do trabalho no clube.
 
Em nota oficial, o Fluminense confirmou a saída do treinador e confirmou que Marcão, auxiliar técnico permanente, será o comandante da equipe na partida contra o Vitória, na próxima quinta-feira, às 19h (horário de Brasília), no Maracanã.
 
"Diniz deixa como legado desta sua passagem não somente alguns dos títulos mais importantes da história de nosso clube, conquistados em 2023 e 2024, mas também o legado de um trabalho muito bem-sucedido em sua primeira etapa de sua atual passagem, ensinamentos importantes sobre sua maneira de entender o futebol e uma visão humanística que no todo trazem enorme contribuição a este esporte. O Fluminense, em nome de seu presidente, sua diretoria e seus funcionários, agradece a Diniz e deseja muito sucesso em sua carreira, sempre.
 
O auxiliar-técnico permanente Marcão estará à frente da equipe no jogo desta quinta-feira, contra o Vitória, no Maracanã. O Fluminense precisa de todo apoio do torcedor. Este é um momento que pede união de todos em torno do objetivo maior de retomarmos o caminho das vitórias"
 
Fonte: Extra

JORNAL IMPRESSO
19/07/2024
12/07/2024
05/07/2024
28/06/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS