sábado, 20 de julho de 2024
Cultura
23/06/2024 | 17:51

Equipamentos culturais revitalizados são reabertos à comunidade

O Museu Etno-Arqueológico e a Casa da Cultura Dide Brandão, espaços que passaram por reforma e restauro, foram oficialmente reabertos à comunidade na tarde do último sábado (22). Cerimônias e atrações artísticas marcaram os eventos realizados nos equipamentos culturais, que também celebraram o aniversário de 164 anos de Itajaí.
 
No Museu, além da cerimônia de reabertura, teve apresentação de dança portuguesa do Grupo de Danças Regionais e Criativas do Arte nos Bairros, do Rancho Folclórico Eduxi, música com o grupo Intermezzo e roda de capoeira Arte nos Bairros. O espaço reabriu com uma nova exposição de longa duração intitulada “Itajahy: trilhas da memória desde a pré-história”, que aborda por meio de três principais núcleos a temática do território e da ocupação da região, em especial do bairro Itaipava e seu entorno.
 
Na Casa da Cultura, o espetáculo de teatro infantil “Le Cirque de Pulgue”, da Cia Mútua, abriu a programação às 15h, no auditório Antônio Augusto Nóbrega Fontes. Após, às 16h, teve a cerimônia que oficializou a reabertura da Casa e da Sala de Leitura Bento Nascimento, com intervenções do grupo da Setorial de Literatura, do Grupo Poetas Mário Quintana e show da Banda Ninguém Sabe.
 
O superintendente administrativo das Fundações, Normélio Weber, falou sobre as obras de revitalização dos equipamentos culturais, patrimônios tombados, que agora serão ocupados e retomam suas atividades com exposições, oficinas, aulas, espetáculos, apresentações, entre outros eventos.
 
“Parece que o rio e as águas do mar são mobilizadores, incentivam uma cultura efervescente por aqui, temos um povo com espírito empreendedor e inventivo. Estes espaços promovem a fruição, revelam e preservam essa memória e a identidade que foi sendo construída ao longo do tempo e é viva. O Museu e a Casa da Cultura precisavam deste cuidado, ficaram fechados por um período necessário e agora reabrem, como verdadeiros presentes para Itajaí e para a população”, ressaltou Weber.
 
O vice-prefeito Marcelo Sodré falou da importância histórica das edificações e das iniciativas culturais da cidade. “A cultura traz a história da nossa cidade, valoriza os costumes e expressões aqui construídos. Vejo tudo isso, os equipamentos culturais e movimentos artísticos como uma grande válvula de transformação social, de fortalecimento econômico e de cidadania”, completou.
 
Sobre as obras
 
O projeto de reforma e restauro do Museu Etno-Arqueológico iniciou em 2021. A obra contemplou a recuperação estrutural, manutenção predial, adequações às normas de acessibilidade, incluindo a implantação de elevador e complementação do restauro.
 
Já a Casa da Cultura passou por trabalhos de manutenção preventiva, as obras começaram em julho de 2023, com recursos oriundos da outorga onerosa (Lei do Solo Criado). O contrato contemplou o restauro da estrutura de madeira, cobertura, pisos, alvenaria, balaústres (guarda corpo), manutenção do mobiliário do teatro e pintura.
 
Fonte: Secom Itajaí

JORNAL IMPRESSO
19/07/2024
12/07/2024
05/07/2024
28/06/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS