sexta, 21 de junho de 2024
Saúde
07/06/2024 | 16:02

Dia D da Campanha de Vacinação contra a Poliomielite é no próximo sábado

Pais e responsáveis, preparem a caderneta de vacinação de crianças até 4 anos de idade. No próximo sábado, 8, os postos de saúde de todo o estado vão estar abertos para o dia D da Campanha de vacinação contra a Poliomielite (paralisia infantil). O objetivo da mobilização estadual é resgatar crianças não imunizadas ou com a caderneta incompleta, além de reforçar a proteção daquelas já vacinadas com a vacina de gotinha, a fim de evitar a reintrodução da doença no estado.
 
A gerente de doenças infecciosas agudas e imunização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), Arieli Schiessl Fialho, pede que os pais, especialmente aqueles que não têm disponibilidade de levar os filhos para vacinar durante a semana, aproveitem a oportunidade para atualizar a situação vacinal das crianças no sábado.
 
A vacina contra a poliomielite está prevista no Calendário de Vacinação Infantil. O esquema de vacinação é de três doses da vacina inativada poliomielite (VIP) aos 2 meses, 4 meses e 6 meses; e duas doses de reforço da vacina oral poliomielite (VOP), a vacina de gotinha, com 1 ano e 3 meses e 4 anos.
 
No período de Campanha, as doses da VIP continuam sendo aplicadas conforme esquema recomendado, mas a dose da VOP é aplicada de forma indiscriminada em todas as crianças de 1 a 4 anos, desde que já tenham recebido o esquema primário com a VIP.
 
Balanço parcial da vacinação
 
A Campanha de vacinação contra a Poliomielite começou no dia 27 de maio e vai até o dia 14 de junho. Na primeira semana compareceram às unidades de saúde 33.816 crianças. Deste total, 23.408 com até 4 anos de idade foram imunizadas com a VIP ou a VOP, a depender da situação vacinal. As demais estavam com o esquema completo e não precisaram tomar novas doses.
 
Dia Nacional da imunização
 
O dia D de vacinação contra a poliomielite acontece um dia antes do Dia Nacional da Imunização, 9 de junho, data que traz um alerta para a importância de manter as cadernetas de vacinação não só de bebês e crianças atualizadas, mas também de adolescentes, adultos, gestantes e idosos para reduzir o impacto das doenças imunopreveníveis na população, que podem ocasionar hospitalizações e mortes.
 
No total, são disponibilizadas na rotina, de forma gratuita, 20 vacinas, entre elas, a da poliomielite, sem contar as vacinas de Campanha, como a da gripe e a da dengue.
 
Fonte: Governo SC 

JORNAL IMPRESSO
21/06/2024
14/06/2024
07/06/2024
31/05/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS