quinta, 20 de junho de 2024
Geral
18/05/2024 | 08:35

O Crea-SC está buscando maior protagonismo na esfera política institucional, tanto em SC quanto em Brasília, diz Kita Xavier

O Engenheiro Civil e de Segurança do Trabalho Kita Xavier assumiu em janeiro deste ano mais mandato à frente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia - Crea-SC. Kita assume a gestão 2024-2026 dando continuidade aos programas desenvolvidos nos últimos três anos e colocando em prática as metas focadas na valorização profissional, na inovação tecnológica, no aprimoramento da fiscalização e na excelência dos serviços prestados aos profissionais.
 
​Em entrevista à RCN, o engenheiro civil destaca o papel do Conselho, algumas das iniciativas de sua gestão e a busca por maior protagonismo, especialmente em um momento em que os profissionais de engenharia tem muito a contribuir com apoio técnico com os órgão de Defesa Civil e Corpo de Bombeiros em situações de emergência e calamidade.
 
RCN: O que marca essa jornada de 66 anos do Crea-SC ?
Kita Xavier: Nossa missão é atuar na fiscalização do exercício ilegal da profissão garantindo a segurança e qualidade de vida da sociedade e nessa trajetória construímos um legado que transformou o Crea-SC em uma instituição referência por sua eficiência, credibilidade e conduta ética.
 
RCN: Quais iniciativas merecem destaque em sua gestão do Crea-SC?
 
Kita Xavier: Lançamos em 2023 o Inova Crea, Programa de Inovação do Conselho, que tem como foco conectar pessoas e organizações públicas e privadas, impulsionando a cultura de inovação no setor da engenharia, agronomia e geociências. Entre as ações deste programa podemos destacar a disponibilização de coworkings por todo o estado com acesso gratuito, oferta de desconto e gratuidade em softwares relevantes para o desenvolvimento profissional e aprimoramento de habilidades técnicas, apoio através da política de patrocínio a eventos na área de inovação, Universidade Corporativa com mais de 180 cursos on-line, normas da ABNT disponibilizadas gratuitamente, realização do CreaSummit, evento que busca fomentar o diálogo, a colaboração e o networking.
 
RCN: Quais são os próximos passos após a implementação da Carteira Digital Profissional e a inauguração de espaços de Coworking?
 
Kita Xavier: Temos hoje um Crea-SC com 100% dos seus processos de forma digital, aperfeiçoar e agilizar o atendimento aos profissionais norteia nossas ações. Queremos ampliar a rede de coworking que está transformando nossas unidades físicas em inspetorias vivas, prontas para receber nossos profissionais e possibilitar que eles tenham acesso a ferramentas e cursos que agreguem valor a suas carreiras.
 
RCN: Quais foram as premiações recentemente conquistadas pelo Crea-SC por conta de boas práticas de gestão? 
 
Kita Xavier: Durante a 7ª Conferência Nacional dos Conselhos Profissionais foi realizada a entrega da premiação que reconhece as melhores práticas aplicadas em 2022 entre os conselhos de fiscalização. Fomos agraciados com dois troféus na cerimônia, que ocorreu em 26 de setembro de 2023, em Brasília. O Sistema de atendimento interno, Creanet módulos Empresas e Sociedade, que automatizou e agilizou a abertura e acompanhamento de protocolos por pessoas físicas e jurídicas, recebeu um troféu. O outro prêmio foi entregue para o documento de relatório de gestão. Referente ao Prodesu (​Programa de Desenvolvimento Sustentável do Sistema), um ranking avalia a eficiência entre os Creas de todo o país e mais uma vez o Crea-SC foi avaliado como o melhor índice de eficiência no Sistema Confea/Crea e Mútua. Esta é a terceira melhor avaliação entre todos os regionais do país durante a minha gestão, o que me deixa muito satisfeito, principalmente por ser uma conquista fruto do comprometimento dos colaboradores e dos profissionais catarinenses com o desenvolvimento sustentável e inovação.
 
RCN: Como estão os preparativos para a edição deste ano do Crea Summit?
 
Kita Xavier: O Crea Summit 2024 está sendo organizado com grande expectativa. Se na primeira edição reunimos mais de 500 profissionais e lideranças do estado para discutir pautas relacionadas a engenharia, agronomia e geociências, para este ano queremos superar a marca de mil participantes. Com painéis, palestras e apresentações de cases com objetivo de destacar o papel da inovação no futuro do setor. Queremos que o Crea Summit entre para a agenda de grandes eventos do estado.
 
RCN: O Crea-SC está buscando maior protagonismo na esfera política institucional, tanto em Santa Catarina quanto em Brasília?
 
Kita Xavier: Conquistar representatividade e contribuir com ações técnicas propositivas que colaborem com o desenvolvimento de nossas profissões e também da sociedade é um das metas do Crea-SC. Esse protagonismo se deve ao que estamos realizando, ao trabalho de uma equipe que de forma incansável busca encontrar soluções criativas para levar facilidade aos nossos profissionais, empresas e sociedade de forma geral.
 
RCN: Quais são as atribuições do recém-criado Comitê de Crise do Crea-SC e onde ela já atuou?
 
Kita Xavier: O Comitê de Crise do CREA-SC tem como objetivo prestar apoio técnico e disponibilizar infraestrutura aos órgãos envolvidos no atendimento às situações de emergência no estado. Por meio do Comitê, profissionais têm auxiliado a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros com conhecimento técnico e soluções da engenharia, agronomia e geociências. Em 2023, atuamos no deslizamento da BR-470, em Rio do Sul, e outra ação foi o Laudo de Vistoria Técnica de Engenharia referente à Inspeção de Segurança Especial (ISE), da Barragem Sul, do Rio Itajaí do Sul, em Ituporanga, entregue à Secretaria da Defesa Civil. Em abril deste ano, nos deslizamentos ocorridos em Garopaba o comitê atuou na identificação das áreas de risco. E estamos atentos para agir sempre que necessário, sendo uma das formas de contribuirmos com nossa missão de garantir segurança e qualidade de vida à população.
 
RCN: Como os Conselhos Regionais de Engenharia e Agronomia, especialmente de SC e do RS, podem contribuir para a reconstrução das cidades devastadas no Rio Grande do Sul?
 
Kita Xavier: O CREA-RS está mobilizando os profissionais para o trabalho voluntário de apoio técnico, com vistas à reconstrução do Estado e mobilizando diversas ações para atender as necessidades dando suporte a Defesa Civil com a disponibilização de seus agentes fiscais. A prioridade inicial é salvar vidas. Enquanto Sistema, a movimentação sinalizada pelo presidente do Confea, Eng. Telecom. Vinícius Marchese, é que no momento necessário seja possível subsidiar o custeio de profissionais para o auxílio desse restabelecimento, através de uma força-tarefa nacional com profissionais que estejam dispostos a contribuir para a reconstrução do estado vizinho.
 
Fonte: RNC

JORNAL IMPRESSO
21/06/2024
14/06/2024
07/06/2024
31/05/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS