quinta, 20 de junho de 2024
Cultura
16/05/2024 | 21:32

Herança cultural de Itajaí e dos Açores é pautada em projeto contemplado no Ibermuseus

O projeto submetido pela museóloga Tayná Mariane Monteiro de Castro, do Museu Histórico de Itajaí, foi um dos contemplados na 5ª edição das Bolsas Ibermuseus de Capacitação. A proposta estabelece uma relação de cooperação entre o Museu Histórico e o Museu Carlos Machado, localizado na cidade de Ponta Delgada na região açoriana de Portugal. O projeto também considerou a importância da presença e cultura luso-açoriana para a formação cultural da região da Foz do Rio Itajaí.
 
Tayná está em Portugal para o intercâmbio da iniciativa e ministrará nesta sexta-feira (17), às 12h, no Museu Talks, a palestra “Narrativas Compartilhadas: Explorando a Herança Cultural de Itajaí e dos Açores”. Haverá transmissão ao vivo pelo Instagram do museu português: @museucarlosmachado.
 
Durante este mês, a profissional conhecerá mais sobre a instituição portuguesa, os setores e espaços museológicos. Ela também vai analisar as atividades desenvolvidas, entender os métodos utilizados e como se distinguem ou se assemelham aos do Museu Histórico de Itajaí. São realizadas ainda atividades de campo com os profissionais do Setor de Patrimônio Cultural Imaterial, na comunidade de pescadores “Rabo de Peixe”, no âmbito do projeto Fenais a Fenais, com intuito de buscar entender a realidade local açoriana em comparação com a de Itajaí.
 
Como contrapartida, após o retorno ao Museu Histórico de Itajaí, haverá uma oficina de educação patrimonial e sustentabilidade. A iniciativa buscará sensibilizar as novas gerações sobre a importância da preservação do patrimônio cultural e da biodiversidade, com diálogo com os pescadores artesanais que desempenham um importante papel na preservação da vida marinha, a partir de seus saberes e fazeres.
 
“Está sendo uma experiência muito enriquecedora, estou feliz e realizada de vivenciar tudo isso. O pessoal está sendo acolhedor, estamos tendo trocas interessantes. Conversamos muito sobre as dinâmicas de trabalho nos museus, de como é a realidade em Itajaí, as vertentes de trabalho nos museus brasileiros e portugueses”, afirma a museóloga Tayná Mariane Monteiro de Castro.
 
Sobre o Ibermuseus
 
O Ibermuseus é um programa que busca promover a integração, consolidação, modernização, qualificação e desenvolvimento dos museus ibero-americanos, por meio da cooperação técnica internacional entre os 14 países participantes - Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Espanha, México, Peru, Portugal, República Dominicana e Uruguai.
 
Esta edição do programa é destinada aos profissionais de museus dos 14 países membros. O objetivo é promover o intercâmbio profissional, a ampliação do conhecimento e o desenvolvimento de novas práticas por meio da mobilidade dos trabalhadores do campo museológico, de projetos que promovam a sustentabilidade a partir de uma ou mais das suas dimensões: social, cultural, ambiental e econômica.
 
As 20 propostas selecionadas fazem parte de um total de 39 submissões provenientes de museus públicos ou mistos dos países membros do Conselho Intergovernamental de Ibermuseus. Cada pessoa receberá 2.500 € (dois mil e quinhentos euros) para o desenvolvimento do seu projeto de intercâmbio profissional.
 
Fonte: Secom Itajaí 

JORNAL IMPRESSO
21/06/2024
14/06/2024
07/06/2024
31/05/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS