segunda, 27 de maio de 2024
Geral
08/05/2024 | 17:02

Santa Catarina reforça apoio ao RS com envio de mais 28 policiais militares

Fotos: Roberto Zacarias/Secom
 
O governador Jorginho Mello acompanhou, na manhã desta quarta-feira, 8, na sede do Comando-Geral da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), a saída de 28 policiais militares para ajudar nas operações de resgate às famílias desabrigadas e na preservação da ordem pública, com policiamento ostensivo Rio Grande do Sul.
 
Para o governador Jorginho Mello a saída desse novo reforço das Forças de Segurança de Santa Catarina é uma necessidade eminente para o momento difícil que o estado vizinho está passando. “Temos que estender todos os nossos esforços para ajudar e apoiar aqueles que tudo perderam. Agora é um momento de solidariedade e de ordem pública necessários para o restabelecimento da vida normal das pessoas no Rio Grande do Sul”, afirmou.
 
Os policiais enviados formarão o efetivo complementar ao já empregado desde início do mês na Operação de Ajuda Humanitária, quando foram uma guarnição do Batalhão de Aviação da Polícia Militar (BAPM) e do Comando da Polícia Militar Ambiental.
 
Equipe e equipamentos – Durante a manhã desta quarta-feira, o subcomandante-geral da PMSC, coronel Alessandro José Machado e o governador Jorginho Mello, acompanhados da perita-geral da Polícia Científica de Santa Catarina (PCI), Andressa Boer Fronza, passaram em revista à tropa antes da sua partida para o estado gaúcho.
 
Partiram para a missão uma guarnição do Tático do 1º Comando Regional; uma guarnição do Tático do 1º Batalhão de Pronta Resposta do 5º Comando Regional; uma guarnição do Batalhão Operações Policiais Especiais (BOPE); uma guarnição do Batalhão Policial de Choque; e uma guarnição do Regimento de Polícia Montada (RPMON); além de duas guarnições do Comando de Polícia Militar Ambiental para ações aquáticas.
 
Junto com as guarnições serão enviadas cinco caminhonetes 4×4, quatro embarcações, um caminhão do Bope e outro caminhão da Polícia Montada que fará o deslocamento transportando 5 mil litros água.  O período de permanência do efetivo mobilizado ao Rio Grande do Sul será de seis dias, podendo ser estendido de acordo com a necessidade, conforme análise a ser realizada pelo Comando-Geral da PMSC.
 
O subcomandante-geral da PMSC, coronel Alessandro José Machado, informou que o trabalho é, além de resgatar e ajudar as pessoas atingidas, restabelecer a ordem pública e garantir a segurança dos cidadãos que por ventura das chuvas estão em dificuldades em resguardar o seu patrimônio. “Vamos ajudar às demais forças de segurança nacionais para garantir e preservar a ordem pública”, completou.
 
Fonte: Governo SC

JORNAL IMPRESSO
24/05/2024
17/05/2024
10/05/2024
03/05/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS