quarta, 22 de maio de 2024
Geral
06/05/2024 | 16:36

Cestas de alimentos chegam ao Rio Grande do Sul a partir desta terça-feira

As primeiras 1.500 cestas de alimentos para atender as famílias atingidas pelas enchentes no Rio Grande do Sul começam a chegar ao estado nesta terça-feira (7), numa ação conjunta da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS). O MDS destinou R$ 8,39 milhões para compra inicial de 52.000 cestas de alimentos para o estado. 
 
O Ministério está mobilizando mais R$ 7 milhões para aquisição de outras 45 mil cestas de alimentos, totalizando 97.000 unidades para distribuição aos municípios gaúchos em situação de emergência reconhecida pelo Governo Federal. "Tudo que houver necessidade, na parte de alimentação, no que tocar para a Conab, vamos proceder com urgência o abastecimento", disse o presidente da Conab, Edegar Pretto.
 
As primeiras 2.000 cestas serão destinadas a Cozinhas Solidárias que, neste momento, têm estrutura para preparar a comida. "Vamos atender primeiramente os abrigos que recebem as pessoas que estão fora das suas casas, através das Cozinhas Solidárias", afirmou Pretto. Pelo cronograma de entrega, quarta-feira (8), mais 3.000 cestas chegam à Unidade Armazenadora da Conab, em Canoas, onde os alimentos vão ficar depositados para posterior distribuição aos municípios.
 
Cada cesta tem 21,5 de alimentos e é composta de oito itens: arroz (10 kg), feijão carioca (3 kg), leite em pó integral instantâneo (2 kg), óleo de soja (900 ml), farinha de trigo (1 kg) ou farinha de mandioca (1kg), macarrão espaguete comum (1 kg), fubá de milho (1 kg), açúcar cristal (1 kg), sardinha em óleo comestível (500 g) e sal refinado e iodado (1 kg).
 
A partir de quarta-feira, serão deslocadas diariamente 4.500 cestas de alimentos para o estado até atingir o total. Os prefeitos e os representantes das Cozinhas Solidárias devem fazer o pedido de cestas por e-mail à Superintendência Regional da Conab no Rio Grande do Sul (rs.sureg@conab.gov.br), informando o quantitativo de cestas necessário e o número de famílias que serão atendidas. 
 
A estrutura do Governo Federal que, neste momento, atua para resgatar as pessoas afetadas pelas fortes chuvas será usada para levar os alimentos aos municípios. A execução do cronograma depende das condições climáticas e das estradas no estado.

JORNAL IMPRESSO
17/05/2024
10/05/2024
03/05/2024
26/04/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS