segunda, 27 de maio de 2024
Geral
03/05/2024 | 15:26

Bandeira do Divino Espírito Santo peregrina pela Prefeitura Municipal de Penha

A Prefeitura de Penha recebeu na noite desta quinta-feira, 02, o cortejo imperial da 188ª Festa do Divino Espírito Santo, com foliões e a comitiva imperial do casal, Nikolas e Larissa Galiatsatos. Ele foi recepcionado pelo Prefeito de Penha, Aquiles da Costa, vice-prefeita Maria Juraci Alexandrino, primeira-dama, Sara Souza, vereadores, secretários municipais e comunidade, para um emocionante encontro que mescla fé e cultura numa tradição quase bicentenária.  
 
Aquiles definiu a festividade como uma das “maiores e mais importantes tradições da nossa Penha”. Foi em 2017, em seu primeiro ano de Governo, que foi instituído o peditório e visita da bandeira no gabinete da Prefeitura Municipal – antes a bandeira visitava apenas a Câmara de Vereadores.
 
“Sempre apoiaremos essa festividade tão importante para a nossa cidade. Parabenizo aqui os foliões devotos e apaixonados pelo Divino Espírito Santo. Ao casal, reforço que vocês foram escolhidos por Deus e Espírito Santo para evangelizar”, pontua.
 
O imperador da festa, Nikolas, agradeceu a acolhida no paço municipal. “Fomos muito bem recebidos aqui e aproveitamos para convidar toda a comunidade para a Festa do Divino Espírito Santo”, pontua. A Imperatriz Larissa, reforça o convite para o primeiro dia. “A partir de quarta-feira já temos a abertura da festa com novena e hasteamento da bandeira do Divino Espírito Santo”.
 
As novenas se iniciam na próxima quarta-feira, dia 8 de maio, seguindo até o dia 17. No dia 18 será a Missa de Translado da Coroa, no dia 19 o Cortejo Imperial, Missa de Coroação e Missa de Sorteio do novo Imperador e no dia 20 a missa de apresentação do novo Casal Imperial. De 18 a 20 de maio, o Tríduo Festivo marca efetivamente a 188ª Festa do Divino Espírito Santo de Penha.
 
CULTURA E TRADIÇÃO
 
Durante o cortejo, o superintendente da Fundação Municipal Cultural de Penha Picucho Santos, Eduardo João de Souza, o Bajara, relembrou a trajetória cultural da festividade nos últimos anos – além da instituição da visita da bandeira na Prefeitura Municipal em 2017.
 
Em 2018, foi feito o registro e salvaguarda por Lei Municipal nº 2969/2018 da Festa do Divino Espírito Santo como bem cultural de natureza imaterial da cidade de Penha e em 2021, foi instituído a participação da Bandeira Oficial da região autônoma dos Açores (origem da festa) no Cortejo Imperial da Festa do Divino.
 
“E neste ano, iniciamos a tramitação de documentação junto à Fundação Catarinense de Cultura e ao Instituto do Património Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) para registrar e salvaguardar a Festa do Divino Espírito Santo de Penha como Bem Cultural de natureza Imaterial de Santa Catarina e do Brasil”, finaliza.

JORNAL IMPRESSO
24/05/2024
17/05/2024
10/05/2024
03/05/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS