segunda, 27 de maio de 2024
Saúde
01/05/2024 | 23:56

75 novos leitos são abertos para tratamento da dengue e doenças respiratórias em Joinville

O Governo do Estado abriu 15 novos leitos de enfermaria no Hospital Regional Hans Dieter Schmidt (HRHDS) nesta terça-feira, 30 de abril, para o atendimento de doenças respiratórias e dengue. Agora, Joinville passa a ter 75 novos leitos para atender esses pacientes, buscando reduzir o impacto nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).
 
Os 15 leitos do Hospital Regional de Joinville se juntam aos 10 leitos do Hospital Bethesda e aos outros 50 já disponibilizados no Hospital Spa Vida, todos em abril. “Estamos trabalhando intensamente, articulando a abertura de leitos para atender os pacientes da região de Joinville, seguindo orientação do governador Jorginho Mello. Esperamos que, com esses 75 novos leitos de enfermaria, seja possível suprir a demanda. Os leitos do Hospital Regional de Joinville, do Hospital Bethesda e os do Spa Vida já estão atendendo a população que precisa de internamento hospitalar, seja por dengue seja por doenças respiratórias. Os leitos estão sendo financiados com recursos do Fundo Estadual de Saúde, tesouro do Estado de Santa Catarina”, afirmou a secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto.
 
Os leitos do Hospital Regional Hans Dieter Schmidt para atendimento de pessoas com dengue e doenças respiratórias foram instalados no centro cirúrgico ambulatorial. Eles já estão ativos e recebendo os pacientes.
 
Os investimentos do Governo do Estado na região, além do custeio dos leitos, ultrapassaram os R$ 2,5 milhões. Foram R$ 2.250.600,00 para a assistência dos casos de dengue repassados em 2023 e mais R$ 400 mil para a vigilância em saúde entre 2023 e 2024.
 
Região com mais casos
 
A região Nordeste é a mais impactada com a dengue no estado, com mais de 74 mil casos prováveis, sendo 63,8 mil apenas em Joinville. Também foi a primeira região a receber a vacina contra a doença. Até esta terça-feira apenas, 30 de abril, 31,49% do público alvo, que são crianças entre 10 e 14 anos, foram vacinados.
 
Já com relação às doenças respiratórias, desde o final do mês de março a vacina contra a gripe já está disponível, sendo que, nesta segunda-feira, 29 de abril, o público-alvo foi ampliado. No entanto, apenas 29% buscaram os postos para receber o imunizante
 
Fonte: RCN

JORNAL IMPRESSO
24/05/2024
17/05/2024
10/05/2024
03/05/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS