segunda, 27 de maio de 2024
Educação
01/05/2024 | 10:25

Dia da Literatura: A riqueza literária no Brasil no Enem

O Brasil celebra no dia 1 de maio o Dia da Literatura Brasileira, em honra ao nascimento do renomado escritor José de Alencar, autor de O Guarani e Iracema, duas das obras mais importantes da literatura nacional. Mais do que um dia para celebrar grandes autores e seus livros, a data serve como um convite para mergulharmos na riqueza da literatura e explorarmos seu papel fundamental na formação da identidade cultural brasileira.

Para os estudantes que estão se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a literatura tem um papel de destaque na área de Linguagens. A disciplina, que vem ganhando cada vez mais relevância nas provas, exige familiaridade com diferentes movimentos literários, gêneros textuais e temas relevantes para a sociedade.

Apesar de o Enem não cobrar uma lista específica de obras, o Aprova Total, plataforma de ensino fundada pelo professor Paulo Jubilut, realizou um levantamento das provas nos últimos 8 anos (de 2016 a 2023) para mapear os assuntos que mais apareceram no exame. Confira abaixo:

1. Literatura Contemporânea: Os vestibulandos devem estar preparados para explorar tendências literárias mais recentes, desde a década de 1960 até os dias de hoje. As obras de Lygia Fagundes Telles, Carolina Maria de Jesus, Rubem Braga e Luís Fernando Verissimo podem fazer parte do repertório da prova.

Além disso, o estudante deve dominar as principais características desse período literário, como a intertextualidade, metalinguagem e experimentalismo formal.

2. Artes, Música e Poesia: Como sabemos, possuir repertório cultural é um dos maiores diferenciais para se destacar no vestibular. Aprenda a interpretar obras de arte, música e poesia. Dentre diferentes movimentos, a arte contemporânea ocupou bastante espaço nas questões dos exames anteriores.

Sendo assim, é importante lembrar que o movimento surgiu após a Segunda Guerra Mundial, e trabalha especialmente em torno do surgimento de novas tecnologias e mídias. A linguagem, o reconhecimento de formas e contextualização histórica devem estar no radar do candidato.

3. Modernismo em foco: Um dos períodos literários mais recorrentes no Enem é o Modernismo, que se divide em três gerações distintas. A primeira geração, marcada pelo nacionalismo e pela ruptura com as convenções, a segunda geração, influenciada pelo realismo na prosa e simbolismo na poesia, e a terceira geração, que traz inovações formais e experimentações artísticas.

Autores como Oswald de Andrade, João Cabral de Melo Neto, Vinicius de Moraes, Carlos Drummond de Andrade e Manuel Bandeira, entre outros, são frequentemente abordados nas questões do Enem e devem se tornar seus grandes companheiros durante o período de estudos para o vestibular.

Portanto, para se preparar adequadamente para as questões de literatura do Enem, é essencial desenvolver habilidades de interpretação de texto, compreender os diferentes movimentos literários e estar familiarizado com os autores e obras mais relevantes.

Entre todos os aspectos técnicos, não podemos nos esquecer de que a literatura brasileira reflete a diversidade de um país vasto e com diversas riquezas étnicas e culturais. Os vestibulandos podem consumir literatura por meio do cinema, da música e do teatro.


JORNAL IMPRESSO
24/05/2024
17/05/2024
10/05/2024
03/05/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS