segunda, 27 de maio de 2024
Economia
29/04/2024 | 09:12

Produção industrial catarinense cresce 6,6% em fevereiro

A produção industrial catarinense teve crescimento de 6,6% em fevereiro, em comparação ao mesmo mês do ano passado, e configura a sexta alta consecutiva do indicador. De acordo com análise do Observatório FIESC, o incremento da atividade industrial no estado se deve ao ciclo de queda das taxas de juros e à melhora nos indicadores de concessão de crédito, que continuam estimulando setores produtores de bens de capital e consumo durável.
 
“A fase atual da economia permite que as empresas estejam em uma posição melhor para investir em equipamentos e maquinários para expandir ou melhorar sua produção”, explica o presidente da Federação das Indústrias de SC (FIESC), Mario Cezar de Aguiar. 
 
Dentre os segmentos analisados, o setor de equipamentos elétricos liderou a expansão em fevereiro, com aumento de 21,3% em relação a igual período do ano anterior. Também apresentou variação positiva o setor de máquinas e equipamentos, de 3,27%. Ambos foram beneficiados pelo acesso a crédito e também pelas exportações. Na esteira dos dois setores acima, a produção metalúrgica apresentou alta de 3,6% no segundo mês de 2024 em comparação com fevereiro de 2023. 
 
Consumo
 
A manutenção do nível de consumo das famílias é outro fator relevante que vem impactando os resultados da atividade industrial. A indústria de alimentos cresceu 10,5% em fevereiro, enquanto a produção de têxteis aumentou 12,4% no período, quando comparado ao mesmo mês de 2023. 
 
O economista do Observatório FIESC, Gustavo Kurmann, explica que o segmento têxtil registrou o quinto crescimento consecutivo na atividade industrial. “Além da produção de tecidos de malhas, para atender às mudanças de coleções, as indústrias de produtos têxteis diversos, como sacos de algodão e ráfia, e fitas elásticas têm contribuído para esse resultado positivo”, conclui. 
 
O setor de produtos de madeira, que cresceu 13,4% em fevereiro em comparação com igual mês de 2023, também teve seu desempenho impactado pelo consumo das famílias. O aumento das vendas externas também afetou positivamente o resultado. 

JORNAL IMPRESSO
24/05/2024
17/05/2024
10/05/2024
03/05/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS