quarta, 22 de maio de 2024
Política
26/04/2024 | 09:39

COLUNA DO PRISCO PARAÍSO: O impulso de Bolsonaro em SC

O impulso de Bolsonaro em SC

Continua a repercutir a visita de Jair Bolsonaro ao Estado. Ele impulsionou significativamente as pretensões eleitorais do PL, não apenas pela reunião com mais de 200 candidatos a prefeito do partido, mas também pela oportunidade de interagir com candidatos liberais de cidades estratégicas. Por exemplo.  Bolsonaro trocou ideias com Ricardo Guidi e Estêner Soratto, candidatos às duas principais prefeituras do grande Sul do estado: Criciúma e Tubarão. Soratto, deputado estadual que ocupou a Secretaria da Casa Civil; e Guidi, deputado federal que continua à frente da Secretaria do Meio Ambiente e que trocou o PSD pelo PL, estarão disputando nos municípios.
Vale salientar que as duas cidades garantiram a Bolsonaro votações esmagadoras à presidência da República. Tanto em 2018 quanto em 2022.
Tivemos também uma presença inusitada no Aeroporto Internacional Hercílio Luz: o cidadão não está filiado ao PL, mas deverá receber o apoio do partido, incluindo a indicação de seu vice no projeto de reeleição. Trata-se de Topázio Silveira Neto, do PSD.
Seria interpretado como natural se lá estivesse desembarcando o presidente da República. Institucionalmente, como anfitrião da cidade, ele estaria recebendo a maior autoridade do país, mas não, quem veio foi um ex-presidente da República.

Migração

As especulações se intensificam. Diz-se que Topázio, uma vez reeleito em 2025, buscaria abrigo no PL por ter um perfil mais conservador, diferentemente do PSD, que hoje forma um bloco com o PT no Senado e na Câmara. Em várias oportunidades, o partido tem votado a favor de Lula e do governo e contra Bolsonaro, como nas investigações do 8 de janeiro.

Cenário

Observando o panorama como um todo, fica cada vez mais evidente que Bolsonaro será um cabo eleitoral de benefício para o PL em Santa Catarina e Lula, um cabo eleitoral de prejuízo. Bolsonaro fez duas visitas a Santa Catarina em menos de um mês. Veio na Semana Santa e agora retorna a Florianópolis, São José, Camboriú e Balneário Camboriú. Em um dia, deu uma circulada geral.

Ausência

E já tem nova previsão de agenda em Joinville para o lançamento da candidatura do deputado Sargento Lima à prefeitura. Bolsonaro também foi muito bem votado na cidade. Considerando os 295 municípios catarinenses, Lula só ficou nos calcanhares de Bolsonaro em Florianópolis: 53% a 46%.

Sumiço

Estamos no 16º mês do governo Lula e até agora ele não deu as caras em Santa Catarina. Décio Lima, amigo, correligionário e compadre de Lula, que chegou ao segundo turno, preside o Sebrae Nacional com um orçamento bilionário, mas ainda não conseguiu trazer Lula ao estado. Isso pode ser prejudicial à campanha.

Anúncios

No aspecto administrativo, as grandes notícias são escassas, exceto pelos recursos para obras rodoviárias em rodovias federais. Na segunda-feira, no lançamento do programa de crédito para pequenas e médias empresas, Décio estava entre Lula e a primeira-dama, evidenciando que é muito benquisto pelo casal presidencial.

Onda

O PL vive um momento único, com perspectiva de eleger um expressivo número de prefeitos, enquanto o PT terá que se movimentar para tentar eleger duas dúzias de prefeitos, o que não será nada fácil. Décio não largou a presidência do PT e tem ficado mais em Brasília em função do Sebrae Nacional. Por isso o PT acabou tendo poucas adesões na janela de março.


JORNAL IMPRESSO
17/05/2024
10/05/2024
03/05/2024
26/04/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS