segunda, 22 de abril de 2024
Educação
28/03/2024 | 15:26

Centro de Referência em Tecnologia Assistiva qualifica atendimento oferecido a estudantes da Educação Especial em Santa Catarina

Fotos: Ricardo Trida/Secom
 
A Educação Especial em Santa Catarina é referência nacional pelo atendimento humanizado e inovador. Um exemplo disso é o Centro de Referência em Tecnologia Assistiva (CERTA), da Fundação Catarinense de Educação Especial, também chamado de “Espaço Maker”, onde são desenvolvidas formas de reabilitação para a educação do estudante, oferecendo novas formas de lecionar para todos os professores que desejam a assistência da Fundação. No espaço, são oferecidas diversas atividades em diferentes ambientes.
 
A coordenadora do Espaço Maker, Ana Carolina Rodrigues Savall, explica como a entrega de um atendimento humanizado e personalizado demonstra a atenção da FCEE com qualquer profissional que atua na Educação Especial e deseja aprimorar a sua forma de lecionar. “O solicitante pode vir até o nosso Espaço para além de conhecer nossas estruturas, também acompanhar de perto o que está sendo construído. Damos a possibilidade de escolher desde o material que será usado, até a cor do aparelho”.
 
No Setor Tecnológico do Espaço Maker, são feitos materiais digitalizados e impressos, dando o suporte necessário para o professor que quer qualificar o aprendizado do aluno. Já o Setor Artesanal, com materiais pensados para contribuir com a sustentabilidade, é uma alternativa para os professores que não possuem muitos recursos, e que também desejam aprimorar suas entregas ao estudante.
 
Aproveitando o espaço e aprendendo novas formas de lecionar, a professora da APAE de Apiúna, Vilma Fritz, foi até o espaço para adquirir novos conhecimentos e repassar para os demais professores da sua rede de ensino. A professora também comenta a importância dessa atenção à Educação Especial, dando oportunidades para todos. “Com os materiais de baixo custo, iremos construir novas formas de ensino para os alunos que necessitam, abrindo nossas aulas para todos”.
 
A professora Juliana de Almeida Freitas, do Colégio Nossa Senhora de Fátima, que realiza o Atendimento Educacional Especializado (AEE), destaca a qualidade do curso da FCEE e a disponibilidade para todos os profissionais. “Vim aqui para qualificar cada vez mais o meu trabalho, porque quando o assunto é educação especial, a Fundação é uma referência.
 
Investimentos na Educação Especial
 
Em 2023, foram repassados mais de R$ 244 milhões para as 244 instituições conveniadas. Os repasses incluem os valores do Modelo de Repasse Direto (MRD), para contratação direta de professores e demais profissionais necessários, havendo a manutenção das atividades técnico-pedagógicas. Além dos repasses, a FCEE ainda mantém o programa de cedência de professores, que em 2023 chegou a cerca de 2.400 professores, entre efetivos e temporários, cedidos para atuação nas instituições.
 
Recentemente, em mais uma ação de valorização da Educação Especial de Santa Catarina, o Governo do Estado lançou o programa Gente Especial. Por meio de Decreto assinado pelo governador Jorginho Mello, serão regularizados os repasses às instituições, reduzindo os entraves burocráticos e facilitando o recebimento dos recursos voltados para o atendimento educacional especializado em Santa Catarina.
 
Fonte: Governo SC

JORNAL IMPRESSO
19/04/2024
12/04/2024
05/04/2024
29/03/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS