quarta, 24 de abril de 2024
Meio Ambiente
27/03/2024 | 15:26

IMA divulga o último relatório semanal de balneabilidade da temporada de verão em Santa Catarina

Foto: Marco Fávero / Secom
 
Com o fim do verão, o Instituto de Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), divulga nesta quarta-feira, 27, o último relatório semanal de balneabilidade da temporada. A partir do mês de abril até outubro, a pesquisa passa a ser divulgada pelo Instituto mensalmente.
 
O último relatório semanal da temporada traz as informações consolidadas dos resultados das coletas realizadas nos dias 25 e 26 de março de 2024. De acordo com as amostras coletadas, nos 238 pontos monitorados pelo Instituto no litoral catarinense, 175 estão próprios para banho, o que representa 73,53%. Em Florianópolis, dos 87 pontos, 64 estão adequados para banho, o que equivale a 73,56%.
 
Todas as informações, comparativos e considerações técnicas desta semana constam no relatório que pode ser conferido no link: https://balneabilidade.ima.sc.gov.br/relatorio/downloadPDF/2024-03-27
 
No site https://balneabilidade.ima.sc.gov.br/ as informações são atualizadas automaticamente e todo cidadão pode acompanhar os relatórios emitidos, bem como, o resultado mais atualizado da propriedade de cada ponto, basta clicar nas bandeirinhas que aparecem no mapa ou conferir o menu ‘histórico’.
 
O Programa de Monitoramento da Balneabilidade do IMA contempla 28 municípios litorâneos e mais de 100 praias e/ou balneários do Sul ao Norte de Santa Catarina, compondo as cidades de: Araranguá, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Balneário Camboriú, Balneário Barra do Sul, Balneário Rincão, Barra Velha, Biguaçu, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Governador Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Paulo Lopes, Passo de Torres, Penha, Balneário Piçarras, Porto Belo, São Francisco do Sul e São José.
 
Metodologia e legislação
 
O IMA possui todos os materiais e mecanismos considerados suficientes e adequados para a execução do Programa de Monitoramento da Balneabilidade no estado, o segundo maior do Brasil, com 238 pontos monitorados e vigente desde o ano de 1976. Os materiais utilizados são aqueles definidos pelo método 9223b do Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater, 23ª edição, cuja fabricação e distribuição é realizada por uma única empresa (IDEXX) com representante próprio no Brasil (IDEXX BRASIL LABORATÓRIOS LTDA).
 
Quanto ao denominado mecanismo de coleta, o IMA segue os padrões estabelecidos pelo Guia de Coleta e Preservação de Amostras da Agência Nacional de Águas (ANA) e Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB). As amostras são analisadas pelo método fluorogênico tendo como substrato o Colilert-18, conforme diretrizes do Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater, 23ª edição, Método 9223 B que consiste na quantificação dos coliformes totais e Escherichia coli.
 
Conforme a Resolução Conama nº 274, de 29 de novembro de 2000, o ponto é considerado PRÓPRIO quando em 80% ou mais de um conjunto de amostras coletadas nas últimas 5 semanas anteriores, no mesmo local, houver no máximo 800 Escherichia coli por 100 mililitros. O ponto é considerado IMPRÓPRIO quando em mais de 20% de um conjunto de amostras coletadas nas últimas cinco semanas anteriores, no mesmo local, for superior a 800 Escherichia coli por 100 mililitros ou quando, na última coleta, o resultado for superior a 2000 Escherichia coli por 100 mililitros.
 
Divulgação
 
O Programa de Monitoramento de Balneabilidade do IMA segue um cronograma prévio de coletas https://www.ima.sc.gov.br/index.php/qualidade-ambiental/balneabilidade/cronogramas-e-coletas provendo transparência e publicidade ao processo. Desta forma, todo cidadão pode acompanhar quando haverá a coleta em determinado ponto. À medida que as análises vão sendo concluídas pelo laboratório do IMA, o resultado do ponto é atualizado automaticamente e pode ser conferido no mapa do site https://balneabilidade.ima.sc.gov.br/ e no aplicativo Praia Segura do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC).
 
Para acompanhar os resultados das coletas, basta clicar nas bandeirinhas do ponto de interesse e conferir no mapa do site o status da propriedade da praia e a data da última coleta realizada no local. O site também possui o menu histórico, um espaço de pesquisa onde é possível acessar datas, horários, condições do vento, maré, entre outras informações que são registradas no momento da coleta e os resultados da condição própria ou imprópria de cada ponto amostrado.
 
De novembro a março, o IMA realiza o monitoramento da balneabilidade das praias catarinenses semanalmente, e às sextas-feiras, divulga um release com o balanço da semana. Já entre os meses de abril e outubro, a pesquisa e a divulgação são mensais.
 
Fonte: Governo SC

JORNAL IMPRESSO
19/04/2024
12/04/2024
05/04/2024
29/03/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS