quarta, 24 de abril de 2024
Educação
27/03/2024 | 21:48

Secretaria de Educação promove roda de conversa sobre Empoderamento Feminino

A Secretaria de Educação, por meio da Diretoria de Educação Integral e Ações Educativas e da supervisão do Programa da Diversidade Étnico-Racial, de Gênero e Combate ao Bullying, realizou na tarde desta quarta-feira (27), o I Encontro Mulher Empoderada: As várias faces femininas. O evento aberto ao público, foi no auditório inferior da Biblioteca Pública Municipal e Escolar Norberto Cândido Silveira Júnior e contou com a participação de quatro palestrantes, que em diferentes áreas de atuação, desempenham papéis importantes na sociedade.
 
“Pensamos em trazer essas mulheres para mostrar que cada uma delas têm a sua luta, a sua trajetória, seus desafios e conquistas. São exemplos de vida, de superação e que inspiram outras mulheres na construção das suas histórias. Nossa gratidão a todas as participantes e também às palestrantes desta tarde”, destacou a supervisora do Programa Diversidade Étnico-Racial de Gênero e Combate ao Bullying, Andrea Carneiro da Costa.
 
As convidadas foram a advogada Márcia Guimarães, a empresária Marizangela Souza dos Santos, a instrutora de Libras Tatiana Lui Zancanaro e a guarda municipal Bianca Tchornei. Cada uma delas explanou sobre uma temática por cerca de 20 minutos. Ao fim do evento, o espaço foi aberto para perguntas.
 
“O empoderamento da mulher no século XXI representa uma jornada multifacetada, marcada por desafios significativos e conquistas notáveis. À medida que a sociedade avança em direção à igualdade de gênero, as mulheres têm buscado fortalecer sua posição em diversas esferas, desafiando estereótipos e superando barreiras históricas”, pontuou a advogada, Presidente da Comissão da Igualdade Racial da OAB de Itajaí e Presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento da Comunidade Negra de Itajaí (Conegi), Márcia Guimarães.
 
“Ao longo da construção da humanidade, a figura feminina foi sendo colocada, através do imaginário da sociedade, em um papel único e limitante, repleto de estereótipos: de ser delicada, recatada, dona de casa, mãe… papéis que, até os dias de hoje, são questionados por movimentos sociais que afirmam que a mulher pode ser tudo isso, sim, mas também muito mais. Não se encaixar nesses aspectos não é errado ou abominável, nem faz alguém pertencer menos ao gênero feminino. A liberdade proporciona, na verdade, uma mulher mais empoderada, dona de si e independente”, frisou a guarda municipal, Bianca Tchornei.
 
A abertura do evento contou com a apresentação musical de Sahra Stamm, aluna da Proarte e com a poesia “Você Mulher”, de autoria de Élcio José Martins, declamada pelas alunas Rafaela Vitória, Beatriz Maçaneiro, Yasmin Fernandes e Clara Beatriz, da Escola Básica Maria José Hulse Peixoto, da Murta.
 
“Nossa. Foi uma tarde incrível. Do começo ao fim. Aprendi muito com cada uma das palestrantes. Foi, com certeza, um presente para todas nós que fomos desafiadas na eterna construção do nosso processo de empoderamento”, comemorou a professora Alberta Santina Weiss.   
 
Fonte: Secom Itajaí

JORNAL IMPRESSO
19/04/2024
12/04/2024
05/04/2024
29/03/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS