terça, 23 de abril de 2024
Política
08/03/2024 | 16:42

COLUNA DO PRISCO PARAÍSO: Crivo

Crivo
 
Absolutamente todos os projetos passam pela CCJ, que avalia a legalidade, ou não, das propostas que tramitam no Legislativo. 
 
Pavor
 
A eleição da catarinense causou um alvoroço em Brasília. Carol De Toni é muito firme, articulada, competente. É advogada, tem desenvoltura verbal. 
 
Centrão
 
Arthur Lira, o presidente da Câmara, fez de tudo para evitar que um representante do PL chegasse ao comando da CCJ. Ele agora atua em sintonia com a Organização. 
 
Nada disso
 
Mas esse era o acordo. O PL tem a maior bancada da Casa. Entregou, inclusive, os primeiros dois anos ao petista Rui Falcão, ex-presidente nacional do PT. 
 
Ascendente
 
Agora, não tinha como não entregar aos liberais. De Toni foi escolhida. Considerando-se que ela está no segundo mandato e tem a companhia de outros 98 deputados/as do PL, sua indicação e esmagadora votação para a proa da CCJ significam um reconhecimento à atuação dela no Parlamento. 
 
Musculatura
 
É evidente que o fato dela ter sido recordista de votos em Santa Catarina na proporcional em 2022 influenciou na sua escolha, bem como o fato dela ter livre acesso na direção nacional do partido. Ou seja, Carol De Toni reúne um tripé de fatores que a colocam na ribalta nacional. 
 
Quarteto
 
Ainda mais num ano eleitoral. Santa Catarina terá nesse quarteto uma exposição maior. Talvez, quem sabe, pode ser, essa realidade possa contribuir para que o estado seja mais bem contemplado nas suas reivindicações federais. 
 
Ralo
 
E não estarão fazendo nenhum favor aos catarinenses, não. Por tudo que Santa Catarina transfere recolhendo impostos e que recebe, de volta, apenas algo em torno de 10%.
 
Bom de discurso
 
Ocorre que Décio Lima, apesar do posto destacado que ocupa, não vem conseguindo traduzir sua influência junto ao Palácio do Planalto em recursos para Santa Catarina. 
Os outros três nomes estão na trincheira oposicionista. Jorginho Mello e Carol De Toni pelo PL e Amin pelo PP.

JORNAL IMPRESSO
19/04/2024
12/04/2024
05/04/2024
29/03/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS