quarta, 24 de abril de 2024
Geral
19/02/2024 | 21:24

Governadora em exercício reúne mulheres do colegiado para planejar e unificar ações em prol das catarinenses

Foto: Richard Casas / GVG
 
A governadora em exercício Marilisa Boehm vai coordenar um grupo formado por secretárias de Estado, adjuntas e outras líderes de 16 setores do governo Jorginho Mello para criar ações permanentes voltadas às mulheres de Santa Catarina. Em uma reunião organizada por Marilisa, na manhã desta segunda-feira, 19, ficou decidido que os múltiplos projetos já existentes em prol das catarinenses e os que forem criados a partir de agora serão executados de modo integrado. Isso engloba ações como combate à violência contra a mulher e incentivo ao empreendedorismo.
 
“Definimos que vamos além do 8 de Março, Dia Internacional da Mulher. Solicitei para que cada uma delas tragam projetos que possamos apresentar em conjunto, para trabalharmos cotidianamente. A intenção é garantir a proteção das catarinenses, o cuidado com elas. Tudo voltado para as mulheres de todas as idades e em todos os nossos municípios”, explicou Marilisa.
 
De acordo com ela, a ideia de unificar as práticas de cada área do governo é fundamental para melhor atender as catarinenses. “É muito importante que tenhamos esse olhar, pois nós somos mulheres e estamos em cargos onde a missão é atender as pessoas. Eu acredito que é possível melhorar as condições das mulheres. Não adianta fazer políticas públicas sem pensar primeiro na mulher, que é a coluna da casa, pois quando há um caso de violência, é ela que fica com os filhos, que cuida da saúde e da educação deles e, muitas vezes, passa a se preocupar sozinha com o sustento da família”, disse a governadora em exercício.
 
Orientação e educação
 
A secretária de Assistência Social, Mulher e Família, Maria Helena Zimmermman, avaliou que a ideia que une o governo inteiro está muito ligado pela linha da educação e da orientação. “Acho muito importante e fundamental ir às escolas, aos centros de idosos, às casas de acolhimento, para fazer palestras sobre violência e assédio”, comentou.
 
Secretária adjunta de Turismo, Catiane Seif, sugeriu que o grupo chame as primeiras-damas dos municípios para também atuarem na iniciativa. “Para falar de questões como voluntariado e assistência social, por exemplo. Elas não são figurantes e exercem um papel de liderança em suas cidades. É preciso estimulá-las a serem multiplicadoras disso tudo para outras mulheres”, citou.
 
Coordenadora das Delegacias de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idosos (DPCAMIs), a delegada Patrícia Zimmermann D’Ávila, relatou que as Forças de Segurança de Santa Catarina já promovem ações durante o mês de março e concordou que é necessário fazer mais durante o ano inteiro como a retomada do programa Polícia Civil por Elas nas escolas estaduais. “Podemos trabalhar de modo unificado, em todas as secretarias, com materiais voltados para as mulheres, para crianças e adolescentes e para os idosos. A mesma mensagem, de modo mais eficiente e com menores custos”, argumentou.
 
Secretária adjunta da Educação, Patrícia Lueders garantiu que todas as 1.046 escolas da rede pública estão prontas para receber palestras de orientação de cada um dos setores do Governo.
 
Ações internas
 
Já a perita geral da Polícia Científica, Andressa Boer Fronza, citou o sucesso do programa Não se Cale, criado pela instituição para combater internamente o assédio sexual e moral.
 
Para a secretária de Estado da Saúde, Carmem Zanotto, a iniciativa é decisiva para o Estado ter uma proposta estruturante para as mulheres. “Temos que trabalhar com planejamento de políticas de proteção das mulheres e dos direitos delas”, afirmou.
 
A iniciativa, avaliaram as demais participantes da reunião, pode ser replicada em outros setores da administração estadual. “Esta foi a primeira reunião de muitas que faremos”, finalizou Marilisa.
 
Além de governadora em exercício, participaram da reunião as representantes das secretarias de Estado da Administração; Administração Prisional e Socioeducativa; Assistência Social, Mulher e Família; Comunicação; Educação; Saúde, Secretaria-Geral; Turismo; Controladoria-Geral do Estado; Cidasc; Instituto do Meio Ambiente; Jucesc; Polícia Científica; Polícia Civil.
 
Texto: Alessandro Bonassoli – Gabinete da Vice-Governadora de SC
 
Fonte: Governo SC

JORNAL IMPRESSO
19/04/2024
12/04/2024
05/04/2024
29/03/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS