segunda, 04 de março de 2024
Educação
31/01/2024 | 17:41

Merendeiras escolares recebem treinamento antes do início do ano letivo

A Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a SEPAT, empresa terceirizada responsável pela merenda escolar no município, realizou nesta terça-feira (30), um treinamento para cerca de 300 merendeiras escolares. A formação está focada em temas como a manipulação de alimentos, segurança do trabalho, higiene pessoal, utilização dos equipamentos de proteção, armazenamento de produtos, recebimento e armazenamento de leite materno, limpeza de estoque, entre outros.
 
“Esse é o nosso treinamento contratual de boas práticas. Uma forma de orientar todas as profissionais sobre o que pode e o que não pode ser realizado dentro de uma unidade de ensino, a fim de que todas as crianças/alunos recebam a alimentação nas melhores condições sempre”, destaca a coordenadora da SEPAT, Karolina Zonta Rosa.
 
Ao longo do ano, as merendeiras recebem treinamentos mensais e individualizados. As profissionais já estão prontas para o retorno dos professores nas unidades de ensino, que está previsto para a próxima quinta-feira (01) e para a volta às aulas, que ocorrerá no dia 06 de fevereiro.
 
A Rede Municipal de Ensino oferece cerca de 40 mil refeições por dia para aproximadamente 40 mil alunos, o que totaliza, em média, 880 mil refeições por mês. Os cardápios são desenvolvidos por três nutricionistas da Secretaria de Educação de Itajaí (Clara Telles Dos Santos, Joy Bergmann Soares e Mariene Cazanova Dezan) e estarão disponíveis a partir desta quarta-feira (31) no site da Secretaria, clicando aqui.
 
“Sempre disponibilizamos o cardápio no final de cada mês. A intenção da Secretaria Municipal de Educação é a de fornecer aos alunos uma alimentação saudável, balanceada e adequada por faixa etária, composto de alguns alimentos integrais como pão, macarrão e arroz, além de feijão, lentilha, ovos, carne, peixe, verduras, legumes, frutas variadas e sucos naturais. A novidade este ano é que vamos incluir inhame, uva niágara e berinjela na alimentação escolar e vamos dar continuidade com as frutas e verdes orgânicos”, explica a nutricionista Joy Bergmann Soares.
 
Fonte: Secom Itajaí

JORNAL IMPRESSO
01/03/2024
23/02/2024
16/02/2024
09/02/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS