terça, 27 de fevereiro de 2024
Economia
31/01/2024 | 17:38

Itajaí é a primeira cidade do estado a desburocratizar o processo de abertura de empresas

A partir desta quinta-feira (01), Itajaí passa a contar com o Sistema de Registro Integrado, o REGIN 2.0. Isso significa que o Município é a primeira cidade do estado a desburocratizar a abertura de empresas: o processo será automatizado e a viabilidade do novo negócio será analisada instantaneamente. A medida visa incentivar ainda mais o empreendedorismo e atrair novos negócios para Itajaí.
 
Com o novo sistema, haverá integração das informações do Município com a Junta Comercial, o que permitirá que empresas de baixo e médio risco tenham a viabilidade aprovada imediatamente, após o preenchimento dos formulários indicados no sistema. Até então, os empreendedores deveriam seguir diversas etapas e aguardar a análise da equipe técnica para, só depois, saber se o seu negócio era viável ou não.
 
“Essa parceria com a Prosolution e a Junta Comercial de Santa Catarina vai otimizar e desburocratizar os processos, visto que o sistema é automatizado e não será mais necessária a análise humana para que as empresas de baixo e médio risco tenham a viabilidade técnica aprovada”, ressalta a auditora fiscal Aglaé Dobrachinski.
 
Com o REGIN 2.0, os responsáveis pela empresa, contadores e demais interessados não precisam se deslocar às repartições públicas para iniciar os processos, já que a dinâmica será toda on-line pelo site. Ou seja, quem deseja abrir uma empresa na cidade deve entrar no site e seguir o passo a passo.
 
"Escolhemos o Município de Itajaí para implementar a nossa solução REGIN 2.0, de maneira estratégica, visto que Itajaí, atualmente, é a maior economia do estado de Santa Catarina. Estamos muito felizes com essa parceria", comenta do diretor de pojetos da Prosolution, Tiago Luiz. 
 
Otimização de tempo na abertura de empresas
 
De acordo com o Mapa de Empresas divulgado pelo Governo Federal, o tempo médio de abertura de empresas em Itajaí para viabilidade é de 83 horas e, somado ao registro na Junta Comercial, o processo acontece em até três dias. A experiência em outros estados que utilizam a plataforma REGIN 2.0 mostra que esse processo será concluído em minutos.
 
“Com a implementação do REGIN 2.0, Itajaí reafirma seu compromisso com a inovação e a excelência na prestação de serviços aos cidadãos e empreendedores. Esse sistema não só acelera o processo de abertura de empresas, mas também simboliza nossa visão de um governo digital e transparente, atento às necessidades do século XXI. Estamos confiantes de que esta ferramenta será um marco para o desenvolvimento econômico e a competitividade da nossa cidade”, destaca o secretário municipal de Tecnologia, Murilo Sodré.
 
Fonte: Secom Itajaí

JORNAL IMPRESSO
23/02/2024
16/02/2024
09/02/2024
02/02/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS