terça, 27 de fevereiro de 2024
Polícia
25/01/2024 | 16:55

Polícia Civil encontra homem que estava desparecido em Lages e prende autor do crime

Na madrugada desta quinta-feira (25), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio de trabalho conjunto envolvendo a Divisão de Investigação Criminal de Lages e a 2ª Delegacia de Polícia de Lages, prendeu de forma preventiva o homem apontado como o responsável pelo desaparecimento de um homem, no dia 19 de janeiro em Lages. A vítima já tinha sido encontrada pelos policiais civis, na quarta-feira (24), no bairro Restinga Secas, em Lages.
A ação contou com o apoio da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, da Polícia Militar de Santa Catarina e do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina.
 
Entenda o caso
 
Desde que foram comunicados sobre o desaparecimento, os policiais civis da 2ª Delegacia de Polícia de Lages iniciariam diligências a fim de elucidar o fato, ouvindo a testemunha citada no relato da ocorrência, a qual estava sob o benefício de saída temporária de sete dias e que teria recebido uma carona da vítima até a Penitenciária de São Cristóvão para retornar ao Sistema Prisional.
Diante disso, a testemunha, mencionou o contato da vítima com um terceiro masculino que também era beneficiário da saída temporária de sete dias, o qual não retornou ao presídio citado, sendo dado como evadido.
Com essa informação, os policiais civis passaram a diligenciar no sentido de localizar o foragido, pois ele começou a manter contato com os familiares da vítima se passando por ela, pedindo dinheiro, via WhatsApp.
Foi descoberto que o veículo da vítima foi visto na região de São Joaquim (cidade natal do até então suspeito), tomando o rumo ao estado do Rio Grande do Sul, havendo a partir daí a troca de informações com policiais civis daquele estado.
Foi descoberto também que o motorista do veículo da vítima, era o masculino evadido do Sistema Prisional o qual de acordo com a primeira testemunha, tomou carona com o desaparecido.
Em diligências posteriores capitaneadas pela PCSC , envolvendo a DIC/Lages, a PCRS, a Brigada Militar do Rio Grande do Sul e a PMSC, logrou-se êxito em localizar o suspeito, na cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul, sendo que ele confessou durante a abordagem ter cometido um homicídio contra a vítima, indicando um suposto local onde havia desovado o corpo.
De imediato os agentes da 2ª DP de Lages deslocaram até o bairro Restinga Seca, onde encontraram o masculino ainda com vida, mesmo tendo sido agredido há seis dias, apresentando diversas lesões no corpo, inclusive traumatismo de crânio encefálico.
Os policiais civis acionaram imediatamente o Corpo de Bombeiros, sendo indicado com precisão o local exato do encontro da vítima, a qual foi resgatada e encaminhada ao Hospital ainda com vida.
No mesmo dia, os policiais civis iniciaram as diligências junto ao Poder Judiciário e o Ministério Público, representando pela prisão preventiva do autor, sendo que entendendo a gravidade da situação, o órgão responsável analisou o caso e expediu o mandado de prisão em desfavor do autor confesso.
Na posse do referido mandado, os policiais civis diligenciaram ainda na madrugada para capturar e conduzir o autor, apresentando o mesmo ao Sistema Penitenciário, onde permanece à disposição da Justiça.

JORNAL IMPRESSO
23/02/2024
16/02/2024
09/02/2024
02/02/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS