terça, 27 de fevereiro de 2024
Geral
13/01/2024 | 17:10

PMSC registra pela primeira vez em 10 anos início de ano sem acidentes fatais nas rodovias estaduais

A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), por meio do Comando de Polícia Militar Rodoviária (CPMRv), registrou nesta sexta-feira, 12, que não houve nenhum acidente com vítima fatal nas rodovias estaduais catarinense no início do ano, no período de 1º a 12 de janeiro. Este resultado não ocorria há mais de 10 anos no estado.
 
O constante trabalho e ações de trânsito desenvolvidos pelos 25 Grupos subordinados ao CPMRv, priorizaram o monitoramento das rodovias em todo o Estado, abrangendo uma extensão de 6.297,6 quilômetros.
 
As abordagens frequentes aos motoristas, bem como o exame de alcoolemia (teste do bafômetro), desempenharam um papel fundamental neste período de festas e início de ano. Além disto, as fiscalizações com os radares foram intensificadas e principalmente a fiscalização de ultrapassagens em locais proibidos, sendo este o maior índice de óbitos em rodovias.
 
Neste ano de 2024, nas rodovias estaduais, a Polícia Militar de Santa Catarina registrou 190 autuações por embriaguez e recusa ao realizar o teste do bafômetro; 341 registros de ultrapassagem em local não permitido; e 2.755 autuações de veículos acima da velocidade permitida.
 
O resultado positivo atribuído também é auxiliado pelo emprego das aeronaves remotamente controladas (drones) pelos policias, que contribuíram nas ações de fiscalização e controle do policiamento rodoviário, tanto na prevenção de acidentes, evitando ultrapassagens em locais proibidos, quanto no monitoramento e identificação de possíveis crimes, como veículos abandonados em áreas de difícil acesso, por exemplo.
 
Além dos trabalhos ostensivos, o Comando de Polícia Militar Rodoviária realiza um papel de prevenção neste início de ano, período em que ocorre a operação Estação Verão.  Em abordagens educativas, os policiais militares entregam materiais educativos relacionados às campanhas como o “Pedale Seguro” e “Doe Sangue”, bem como fitas amarelas para identificação de crianças nas praias.
 
Fonte: Governo SC

JORNAL IMPRESSO
23/02/2024
16/02/2024
09/02/2024
02/02/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS