terça, 27 de fevereiro de 2024
Polícia
12/01/2024 | 12:04

Secretaria de Segurança Pública de Itajaí e Polícia Civil prendem suspeito de desviar mais de R$ 400 mil em combustível da Prefeitura

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e a Polícia Civil prenderam, na tarde desta quinta-feira (11), um homem de 35 anos suspeito de desviar mais de R$ 400 mil em combustível da Prefeitura de Itajaí. O homem era ex-estagiário da Secretaria e foi preso em flagrante ao realizar pagamentos com cartões de abastecimento desviados do Município. A ação ocorreu em um posto de gasolina no bairro Centro.
 
A investigação do caso iniciou neste ano após a Secretaria de Segurança Pública de Itajaí identificar a existência de abastecimentos fraudulentos em seu sistema de viaturas da Guarda Municipal e da Coordenadoria de Trânsito (Codetran) durante um processo de auditoria interna. Chamou a atenção do órgão o abastecimento de viaturas já baixadas da frota, bem como abastecimentos sucessivos de uma mesma viatura em capacidade superior ao tanque do veículo, entre outras inconsistências.
 
Os fatos foram comunicados à Polícia Civil e iniciou-se uma apuração conjunta com a Divisão de Investigação Criminal de Itajaí (DIC). Na tarde desta quinta, os órgãos de segurança verificaram novos abastecimentos fraudulentos em um posto de combustíveis no Centro. No local, os agentes encontraram o ex-estagiário do órgão com cartões de abastecimento desviados da Prefeitura. Ao todo, 12 servidores participaram da ação.
 
“Esse trabalho conjunto entre a Secretaria de Segurança e a Polícia Civil foi fundamental para esclarecer o crime, localizar e prender o suspeito. Essa atuação integrada entre os órgãos de segurança do município também tem sido importante para reduzir os índices de criminalidade em Itajaí”, destaca o secretário municipal de Segurança Pública, Marcelo Luiz Szynkaruk Júnior.
 
O suspeito foi preso em flagrante pelo crime de estelionato majorado por ter sido cometido contra um órgão público. O preso foi encaminhado ao sistema penitenciário e está à disposição da Justiça. O Inquérito Policial continua para aprofundamento das investigações.
 
“O ex-estagiário da Secretaria Municipal de Segurança Pública utilizou de seus conhecimentos sobre o procedimento interno do órgão para o cometimento das fraudes. Estima-se um desvio de mais de R$ 400 mil”, pontua o delegado da DIC de Itajaí, Eduardo Ferraz.
 
Fonte: Secom Itajaí

JORNAL IMPRESSO
23/02/2024
16/02/2024
09/02/2024
02/02/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS