segunda, 04 de março de 2024
Geral
12/01/2024 | 12:01

Itajaí registra menor número de mortes violentas dos últimos 16 anos

A segurança pública de Itajaí teve significativos avanços em 2023. A integração entre as forças do Município e das Polícias Civil e Militar foi fundamental para redução dos índices de criminalidade. O número de mortes violentas, por exemplo, caiu 27% no ano passado e foi o menor registrado nos últimos 16 anos na cidade. O dado foi divulgado pela Polícia Militar nesta quinta-feira (11), em coletiva de imprensa, que também tratou das três mortes ocorridas neste ano.
 
Ao todo, foram registradas 19 mortes em 2023 contra 26 no ano anterior. No comparativo com 2008 (60 casos), a redução foi de 68%. Além disso, segundo a PM, foram registradas reduções de 26% nos furtos (993 ocorrências) e 35% nos roubos (172 ocorrências) no ano passado em relação a 2022.
 
“Apesar dos casos nesse início de ano, os dados de 2023 nos mostram que a integração das forças de segurança no nosso município foi fundamental para conseguirmos alcançar índices históricos na segurança pública. Entre as ações efetuadas de forma conjunta podemos citar as barreiras realizadas diuturnamente em todas as áreas da cidade. Além disso, os órgãos promoveram ações educativas importantes nas escolas”, destaca o secretário municipal de Segurança Pública, Marcelo Luiz Szynkaruk Júnior.
 
No Município, a atuação da Guarda Municipal e da Codetran também foi importante para garantir a sensação de segurança dos cidadãos. A GMI realizou 7.395 atendimentos em 2023, enquanto a Codetran atendeu 4.374 chamados.
 
“Os números expressivos na redução da criminalidade reforçam a importância deste trabalho integrado das forças de segurança. Entre os resultados, o número mais importante é a redução de 27% no número de homicídios, o menor registrado nos últimos 16 anos na cidade”, ressalta o tenente-coronel e comandante do 1º batalhão da Polícia Militar de Itajaí, Ciro Adriano da Silva.
 
A Polícia Civil também contribuiu diretamente no esclarecimento de crimes e combate às organizações criminosas por meio de operações. Foram expedidos 256 mandados de busca e apreensão em 2023 (52,38% de aumento em comparação com 2022) e 252 mandados de prisão (aumento de 40,78%).
 
“A Polícia Civil trabalhou de forma muito severa em relação às investigações e elucidações dos crimes. Os números demonstram mais eficiência e eficácia no combate ao crime, o que contribui para garantir da sensação da prática de justiça e de segurança no nosso município”, finaliza o delegado regional de Polícia Civil, Márcio Luiz Colatto.
 
Confira a redução histórica nas mortes violentas em 2023:
2008 - 60 mortes
2009 - 64 mortes
2010 - 57 mortes
2011 - 54 mortes
2012 - 34 mortes
2013 - 36 mortes
2014 - 48 mortes
2015 - 39 mortes
2016 - 56 mortes
2017 - 56 mortes
2018 - 45 mortes
2019 - 30 mortes
2020 - 32 mortes
2021 - 23 mortes
2022 - 26 mortes
2023 - 19 mortes
 
Fonte: Secom Itajaí

JORNAL IMPRESSO
01/03/2024
23/02/2024
16/02/2024
09/02/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS