segunda, 20 de maio de 2024
Geral
20/05/2023 | 10:18

Itajaí implanta programa de segurança alimentar e nutricional pioneiro na região

Itajaí é o primeiro município da região a implantar o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). A iniciativa viabilizada pelo Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, é destinada à Segurança Alimentar e Nutricional. O programa tem como finalidades promover o acesso à alimentação às pessoas em vulnerabilidade social e incentivar a agricultura familiar local. A operacionalização na cidade iniciou em março e já foram doadas mais de 10 toneladas de alimentos. Os recursos destinados à aquisição dos gêneros alimentícios totalizam cerca de R$ 76 mil.
 
O PAA fortalece os produtores familiares e a agroecologia, favorece a economia, o meio ambiente e a produção de alimentos adequados e saudáveis. Além disso, a iniciativa garante alimentação de qualidade para as pessoas atendidas na rede socioassistencial do município.
 
“Para nosso município esse programa é de extrema relevância social, tanto para as famílias que vivem em situação de vulnerabilidade quanto para as pessoas que apresentam má nutrição. Poder ofertar mais qualidade de vida e uma alimentação mais saudável é algo indescritível e de uma alegria muito grande para toda nossa equipe”, afirma a secretária de Assistência Social de Itajaí, Neusa Geraldi.
 
Nesta semana, as famílias atendidas pelo CRAS do Promorar foram contempladas pelo PAA com o recebimento de kits. Joilma Soares Brás, que mora no Cidade Nova há sete anos, ficou feliz e impressionada com a variedade e qualidade dos produtos. “A cesta verde será uma boa ajuda, chega em um momento que estamos precisando muito. Não conhecia esse programa e gostei bastante, porque são alimentos saudáveis, gostosos e produtos diferentes”, afirmou.
 
Além da entrega dos kits, as famílias participaram de uma roda de conversa sobre alimentação saudável e aproveitamento de alimentos, ministrada pela nutricionista da Secretaria de Assistência Social, Elinia da Silva Mateus Marsango, coordenadora do PAA em Itajaí.
 
O aposentado José Carlos Costa participou da palestra e ficou animado para preparar os produtos recebidos. Ele também aproveita as informações passadas pela equipe para cuidar da saúde. "São produtos naturais e saudáveis, o pessoal do CRAS tem sempre me acolhido na hora que eu preciso. Eu tenho problemas no coração e essa orientação que a nutricionista passa é muito importante pra gente se manter saudável”, comentou.
 
Os produtos doados são diversificados e incluem alimentos orgânicos e convencionais, como maracujá, berinjela, inhame, batata doce, chicória, alface americana, cenoura, temperos variados, brócolis, couve flor, entre outros. Além dos alimentos in natura, também são doados alimentos congelados, como aipim descascado e polpa de frutas, e alimentos agroindustriais, como pão com biomassa de banana verde, pão integral, melado e doce de frutas.
 
Como funciona o PAA em Itajaí
 
Há cinco modalidades distintas do PAA e Itajaí foi contemplado com recursos para execução na modalidade Compra com Doação Simultânea, por meio de Termo de Adesão firmado junto à Secretaria da Assistência Social, Mulher e Família de Santa Catarina. Nesta modalidade, o governo adquire alimentos da agricultura familiar, principalmente alimentos in natura, e doa às famílias em vulnerabilidade social. No Município de Itajaí, o PAA é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Assistência Social e conta com o apoio da Secretaria de Agricultura e Expansão Urbana.
 
Segundo a nutricionista da Secretaria de Assistência Social, Elinia da Silva Mateus Marsango, coordenadora do PAA em Itajaí, são utilizados critérios técnicos para seleção dos beneficiários. É realizado o cruzamento de dados de dois sistemas de informação, Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN) e Sistema de Acompanhamento da Família e do Indivíduo (SAFI), sendo um do Ministério da Saúde e outro da Assistência Social, respectivamente.
 
Por meio destes sistemas de informação, é possível detectar as pessoas em má nutrição (desnutrição e obesidade), acompanhadas em todas as Unidades Básicas de Saúde e que se encontram em vulnerabilidade social, sendo atendidas na rede socioassistencial do município. Nos dias de operacionalização do PAA, as próprias equipes da rede socioassistencial realizam o contato com as famílias, conforme listagem elaborada pela coordenação do programa.
 
A Secretaria de Assistência Social estruturou uma Central do PAA, totalmente adequada à legislação sanitária vigente, a fim de garantir a qualidade higiênico-sanitária de todos os produtos adquiridos e doados. No local, os alimentos são entregues pelos agricultores familiares, separados e montados nos kits do PAA para distribuição nos quatro Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) do município, onde são realizadas rodas de conversa sobre alimentação saudável e aproveitamento integral dos alimentos. Além dos CRAS, os alimentos também são direcionados às pessoas em situação de rua, atendidas no Centro POP e na Casa de Apoio Social, bem como são utilizados em atividades de Educação Alimentar e Nutricional, desenvolvidas nos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.
 
A montagem dos kits e as rodas de conversa ocorrem com o apoio do Curso de Nutrição da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), juntamente com as equipes da Assistência Social. Mais informações sobre o programa podem ser obtidas através do e-mail: programaalimentabrasil@itajai.sc.gov.br.
 
Fonte: Secom Itajaí

JORNAL IMPRESSO
17/05/2024
10/05/2024
03/05/2024
26/04/2024

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS