sábado, 28 de janeiro de 2023
Saúde
24/01/2023 | 09:50

PENHA: 28 especialidades: Secretaria de Saúde abre as portas da Policlínica Municipal

A Secretaria de Saúde de Penha abriu, nesta segunda-feira (23), as portas da sua Policlínica Municipal. Num espaço de dois mil metros quadrados, 28 especialidades estão concentradas em um moderno prédio – que conta ainda com o segundo polo da Farmácia Municipal. O novo prédio da Saúde fica na esquina da Avenida Eugênio Krause com a Rua Marinho Pedro dos Santos, número 2.265.
 
“A idealização da Policlínica Municipal é um antigo sonho da gestão, um local moderno e realmente habilitado para atender as necessidades dos nossos pacientes – que antes eram atendidos no Núcleo de Atendimento à Mulher e à Criança, o NAM. Estamos acompanhando o crescimento demográfico e equiparando nossos prédios público a tais necessidades”, comenta o prefeito Aquiles da Costa.
 
Os atendimentos da policlínica são nas áreas de otorrinolaringologista, hematologista, urologista, vascular, neurologista, proctologista, ortopedista, alergista, pediatra, cardiologista, endocrinologista, ginecologista, psiquiatra, obstetrícia, pequenas cirurgias, ultrassonografia geral, ultrassonografia ABD total, doppler, nutricionista, fonoaudiologia, psicólogo, dermatoscopia e eletrocardiograma. Mensalmente, há cerca de 1.500 atendimentos.
 
“Certamente teremos um acolhimento muito melhor aos pacientes, que agora serão recebidos em um ambiente moderno e, principalmente, acessível às pessoas com dificuldades de locomoção. Um ganho sem precedentes à saúde pública de Penha, uma vez que garantimos aos profissionais e pacientes um local perfeito para os procedimentos”, acrescenta o secretário de Saúde, Rodrigo Medeiros.
 
Com a abertura da Policlínica Municipal, o NAM terá seus atendimentos encerrados. O prédio passará por uma reforma para ser a nova sede da Unidade Básica de Saúde Central – que inclusive terá suas equipes ampliadas: duas equipes de Estratégica Saúde da Família e uma Equipe de Atenção Primária. “Hoje, a UBS Central tem seu tamanho físico insuficiente para demanda diária de atendimentos”, finaliza Rodrigo.

JORNAL IMPRESSO
27/01/2023
20/01/2023
23/12/2022
16/12/2022

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS