segunda, 28 de novembro de 2022
Geral
21/11/2022 | 16:29

PROMOBIS: “Estamos no caminho certo”, define presidente da AMFRI ao final da Missão Técnica Internacional

Terminou neste sábado, 19, a Missão Técnica Internacional dos prefeitos da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí (AMFRI) para futura implantação do Projeto de Mobilidade Integrada e Sustentável (PROMOBIS). Durante seis dias, eles realizaram visitas técnicas em São José dos Campos (SP), Santiago do Chile (Chile) e Santa Fé (Argentina) com o objetivo de conhecer e avaliar soluções nas vertentes de mobilidade urbana integrada.
 
Para o presidente da AMFRI e prefeito de Penha, Aquiles da Costa, “podemos falar que mais um importante passo foi dado para que o Projeto de Mobilidade Integrada e Sustentável, o PROMOBIS, saia do papel. Conhecemos as especificidades e resultados já obtidos na adoção de sistemas de transporte coletivo com a utilização de ônibus elétricos, além de conhecermos os desafios do modelo”.
 
Aquiles avalia ainda que os ganhos vão além da mobilidade, gerando economia e incremento o turismo em uma das regiões mais procuradas do Brasil. “A qualidade de vida dará um salto, além de economizarmos na gasolina e no tempo de trajetos, por exemplo. Além disso, o incremento turístico que o túnel e o transporte público de qualidade promoveram nesses locais foi fantástico. Saímos dessa missão sabendo que estamos no caminho certo e iremos em busca desse sonho, mesmo diante das adversidades, com muita persistência, determinação e coragem”, encerra o gestor.
 
Além de Aquiles, que chefiou a Missão, a comitiva foi composta pelos prefeitos Élcio Rogério Kuhnen (Camboriú), Libardoni Fronza, o Liba (Navegantes) e Marcos Pedro Veber (Luiz Alves). Toni Fausto Frainer (engenheiro e diretor de Planejamento e Gestão Orçamentária de Balneário Camboriú, representando o Prefeito Fabrício Oliveira), Giovani Alberto Testoni (chefe de Gabinete de Itajaí, representando o prefeito em exercício, Marcelo Sodré), João Luiz Demantova (Diretor Executivo do CIM-AMFRI), Jaylon Jander Cordeiro da Silva (Diretor Financeiro do CIM-AMFRI) e Ademar Henrique Borges (Secretário Executivo da AMFRI) também formaram a comitiva -  acompanhada ainda pelos especialistas de Transportes do Banco Mundial, Geoges Darrido e Taís Fonseca.
 
SÃO JOSÉ DOS CAMPOS
 
No primeiro momento, em São José dos Campos, o grupo conheceu projetos voltados à inovação e tecnologia implantados no sistema do transporte público da cidade, como a eletrificação do transporte. São José dos Campos possui uma frota com 12 Veículos Leves sobre Pneus (VLP´s), 100% elétricos.
 
Representantes da Secretaria de Mobilidade Urbana de São José dos Campos explicaram à comitiva o modelo operacional dos veículos elétricos, como autonomia, programação das linhas, tempo de viagem e aceitação da população. O sistema de priorização semafórica dos VLPs na Linha Verde também foi um dos temas de interesse da comitiva.
 
Este novo sistema semafórico, através de sensores e câmeras, reconhece a aproximação do VLP a 200 metros de distância e altera a programação, liberando os semáforos para os VLP´s. Com isso, é assegurado o trajeto contínuo e sem paradas, conferindo mais agilidade ao transporte público.
 
A subestação de carregamento dos VLP´s, as estações de embarque e desembarque do Terminal Sul, no Campo dos Alemães, além de embarcar no VLP para conhecer a Linha Verde também foi apresentada aos gestores públicos. O grupo também visitou o Centro de Segurança e Inteligência (CSI) para ter detalhe técnicos do sistema de monitoramento.
 
SANTIAGO, NO CHILE
 
Em Santiago, no Chile, a comitiva conheceu a realidade da cidade que precisou se adaptar e encontrar soluções para combater os altos índices de poluição e tornar a cidade mais sustentável e humana. Para isso, algumas iniciativas foram realizadas em Santiago. Entre as iniciativas, pode-se perceber a preocupação em arborizar a cidade por toda parte, seja nas vias ou em parques, além de parques urbanos em todos os bairros, o que facilita o acesso as áreas de convivência e lazer para todos.
 
Além disso, a fim de incentivar o uso do transporte público em detrimento ao uso de automóveis particulares, Santiago aposta nos eixos ambientais. Dessa maneira, eles permitem a circulação dos ônibus elétricos em uma via exclusiva. Assim, a iniciativa encoraja a população a utilizar o transporte público, devido ao tempo de viagem e qualidade. A iniciativa foi firmada através de consórcio de entidades públicas, privadas, sociedade civil e pesquisadores foi formado em 2016 para promover a mobilidade elétrica no país.
 
A comitiva da AMFRI encerrou a visita com a diretoria do Metbus, maior operadora de transporte pública e pioneiro em transporte elétrico. A Metbus opera 11,6 milhões de viagens por mês em Santiago e apresenta a maior implementação de veículos elétricos das Américas.
 
SANTA FÉ, NA ARGENTINA
 
Por fim, a comitiva visitou o projeto do Túnel Subfluvial do Rio Paraná, que foi construído há mais de 50 anos, em 1964. O túnel liga Santa Fé e Paraná, ambas capitais de províncias argentinas, em quase 3 quilômetros de ligação. Uma viagem que antes levava horas, é feita com facilidade e conforto em questão de minutos após o túnel.
 
SOBRE O PROMOBIS/AMFRI
 
O PROMOBIS é um projeto pioneiro no Brasil, pela proposta de gestão consorciada, composto por três grandes iniciativas que podem mudar o futuro da região para melhor: um Sistema de Transporte Coletivo Regional - que vai integrar e interligar os 11 municípios da AMFRI com veículos elétricos e reurbanização de vias; o Túnel Imerso entre Itajaí e Navegantes; e a Mobilidade Ativa em Balneário Camboriú, por meio do Programa Caminhos do Mar.
 
Ao todo, serão investidos US$ 120 milhões com recursos públicos, sendo US$ 90 milhões provenientes do Banco Mundial (BIRD) e US$ 30 milhões da contrapartida do financiamento, podendo ser amortizados em até 25 anos. Já os investimentos privados, considerando o Sistema de Transporte Coletivo/AMFRI e o Túnel Imerso, deverão ultrapassar a casa dos US$ 240 milhões.
 
Texto:* Lyandra Machado Batista - Assessoria de Comunicação
 
*Com informações da Prefeitura de São José dos Campos

JORNAL IMPRESSO
25/11/2022
18/11/2022
11/11/2022
04/11/2022

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS