segunda, 28 de novembro de 2022
Geral
18/11/2022 | 18:56

Balneário Camboriú recebe 8ª edição da Parada da Diversidade

A Avenida Atlântica, em Balneário Camboriú ficará mais colorida e animada neste domingo, dia 20, isto porque está confirmada a 8ª edição da Parada da Diversidade, a partir das 14h, com concentração na Rua 2.000. 
A Parada da Diversidade acontece no município desde 2012, e, historicamente sempre sofreu represálias do poder público, precisando recorrer ao Judiciário, por meio de Mandado de Segurança impetrado pelo Ministério Público de Santa Catarina, para garantir seu acontecimento. Esta foi a primeira vez que os organizadores conseguiram o alvará diretamente com a prefeitura para a realização.
E neste ano a celebração volta com tudo, inclusive com homenagem. “Em 2022 trazemos o tema: VIDAS QUE TRANSCENDEM, AMOR QUE TRANSBORDA. A escolha do tema foi uma forma de homenagem à nossa querida Nina Buah, artista local que faleceu em junho deste ano, e também a todas as pessoas que deram suas vidas lutando pela causa”, comenta a organizadora Jocineia de Jesus, empresária na área contábil e membro do movimento Mães Pela Diversidade. Ela é mãe de Gustavo Ribeiro, empresário na área da Biologia através da ATL Global, que é apoiador financeiro do evento. Quem também está apoiando esta edição é a cantora Karinah, que aproveitou para manifestar seu apoio a causa.
"O meu posicionamento como artista, como mãe, é fundamental para que a luta dessas pessoas por direito e justiça receba cada vez mais visibilidade e para que as causas dessa comunidade sejam levadas verdadeiramente a sério.  Me solidarizo, principalmente, aos que sofrem com a pobreza, os que são abandonados pela família e negligenciados pelo Estado. Nós estamos no país que mais mata LGBTQIAP+ no mundo e eu realmente acredito que só amor pode mudar essa história e amenizar tanto sofrimento. Por isso, é com muito orgulho que sou madrinha da Parada da Diversidade de Balneário Camboriú", disse a cantora.
Gustavo Ribeiro lembra que a organização da Parada da Diversidade nunca foi atrás de verba pública para o evento. O alvará é necessário apenas para conseguir patrocinadores, mas nesta edição a prefeitura se dispôs a oferecer banheiros químicos e ambulâncias, incluindo apoio das forças de segurança da cidade.
A Parada terá sua concentração na rua 2.000, esquina com a Av. Atlântica e segue rumo à Roda Gigante, com diversas atrações, como dois trios, shows de drags locais e ainda das drags Aretuza Lovi, famosa nacionalmente, e ainda Tchaka, que é a apresentadora oficial da Parada de São Paulo há mais de 10 anos. “Como último ato teremos o hino nacional, cantado por uma artista negra e bissexual, pois dia 20 é o Dia da Consciência Negra e uniremos as duas causas”, acrescenta Jocineia de Jesus.
Para Neia, como é conhecida, será uma festa ‘linda, colorida e para as famílias’, lembrando que a comunidade LGBTQIA+ tem família e que os pais e mães de membros da comunidade não tm nenhum problema com os filhos serem quem são, da forma que nasceram. 
“Balneário Camboriú pode esperar uma festa muito harmoniosa, lembrando que lgbtfobia é crime e não vamos deixar isso passar. Vamos estar na avenida com muito amor, de forma pacífica”, finaliza Neia.

JORNAL IMPRESSO
25/11/2022
18/11/2022
11/11/2022
04/11/2022

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS