segunda, 28 de novembro de 2022
Educação
18/11/2022 | 09:02

Educação de Camboriú prorroga o prazo para entrega da declaração de vacinação

As Secretarias de Saúde e Educação de Camboriú informam devido à grande demanda, foi prorrogado o prazo para entrega da declaração de vacinação dos alunos que fazem parte da rede municipal de ensino. Agora, o documento poderá ser entregue até o início do ano letivo de 2023, que está previsto para iniciar em fevereiro. A flexibilização da data visa reduzir a circulação de pessoas, de modo a evitar aglomerações nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município e consequentemente diminuir a taxa de possível contaminação da Covid-19.
“A vacinação é essencial, pois muitas doenças foram erradicadas do país por conta da imunização, como por exemplo: sarampo, rubéola e poliomielite. No entanto, é importante lembrar que ainda vivemos o período de pandemia e os cuidados para evitar a proliferação do vírus da Covid-19 são essenciais para a saúde da nossa comunidade”, ressaltou o coordenador da Vigilância Epidemiológica, Thiago Vilcinskas.
 
A carteira de vacinação é um documento importante para toda pessoa, pois nela está a comprovação de todas as doses aplicadas ao longo da vida, conforme previsto no Plano Nacional de Imunização (PNI). Ter a carteira atualizada é essencial para que a Secretaria de Estado da Saúde tenha controle do número de tipos de vacinas e doses aplicadas nos municípios, além do que este documento também está sendo exigido por diversos países no momento do desembarque. Atualmente o Sistema único de Saúde (SUS) disponibiliza, de forma gratuita, 20 tipos de vacinas, que ajudam na prevenção de diversas doenças para crianças, adolescentes, adultos, idosos e gestantes.
 
Vacinas disponibilizadas gratuitamente pelo SUS:
 
BCG: previne as formas graves de tuberculose, principalmente miliar e meníngea;
Hepatite B: previne hepatite B;
VIP/VOP: previne poliomielite;
Pentavalente: previne difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e infecções causadas pelo Haemophilus influenzae B;
Rotavírus humano: previne diarreia por rotavírus;
Pneumocócica 10: previne a pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo pneumococo;
Pneumocócica 23 Valente: previne pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo;
Meningocócica C: previne doença meningocócica do sorogrupo C;
Meningocócica ACWY: previne doenças meningocócicas dos sorogrupos ACW;
DTP: previne difteria, tétano e coqueluche;
Tríplice viral: previne sarampo, caxumba e rubéola;
Tetra viral: previne sarampo, caxumba, rubéola e varicela (catapora);
Febre amarela: previne febre amarela;
Hepatite A: previne hepatite A;
HPV: previne o papiloma, vírus humano que causa cânceres e verrugas genitais;
Varicela atenuada: previne varicela/catapora;
Dupla adulto (dT): previne difteria e tétano;
dTpa (Tríplice bacteriana acelular do tipo adulto): previne difteria, tétano e coqueluche;
Influenza: previne gripe;
Covid-19.

JORNAL IMPRESSO
25/11/2022
18/11/2022
11/11/2022
04/11/2022

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS