quarta, 28 de setembro de 2022
Economia
16/09/2022 | 19:56

Confiança do industrial catarinense atinge maior patamar do ano

A confiança do empresário industrial catarinense registrou em setembro o maior patamar em 2022. O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), apurado em Santa Catarina pelo Observatório FIESC, aumentou 2,2 pontos no mês, alcançando 61 pontos. O resultado mantém o ICEI catarinense próximo à média nacional, que possui 62,8 pontos. O índice varia de 0 a 100 pontos. Valores acima de 50 pontos indicam confiança no cenário econômico. Abaixo, indicam falta de confiança.
 
O presidente em exercício da FIESC, Gilberto Seleme, afirma que “a melhoria na confiança reflete o desempenho dos indicadores econômicos em níveis superiores aos que estavam sendo projetados pelo mercado para 2022, além do arrefecimento dos custos de produção, o que estimula o sentimento de otimismo na indústria”.
 
A análise do Observatório destaca um crescimento do PIB de 1,2% no segundo trimestre do ano, em comparação com o trimestre anterior. A ampliação dos estímulos fiscais de manutenção da renda, em agosto, fortaleceu as expectativas de alta no consumo das famílias e no setor de serviços. Assim, no primeiro semestre deste ano, essas variáveis guiaram o crescimento da atividade econômica.
 
As medidas de redução dos impostos sobre os combustíveis, em meados de junho e com perspectivas de continuidade para 2023, estão entre os fatores que aumentaram a confiança do empresário industrial catarinense. Além disso, as condições de oferta foram favorecidas pela redução nas alíquotas de importação de matérias-primas da indústria plástica.
 
“Os bens intermediários, que abrangem insumos industriais básicos e combustíveis, foi a categoria que registrou o maior crescimento nos preços em 2022. Com as medidas de arrefecimento da inflação, sua variação acumulada em 12 meses reduziu de 41% para 27% de janeiro a julho, se aproximando agora da média da indústria geral”, explicou a economista do Observatório FIESC, Mariana Guedes.
 
Um dos componentes do ICEI, o Índice de Condições Atuais, segue em alta e acima dos 50 pontos pelo quarto mês consecutivo, atingindo 57,1 pontos. Isso indica que o empresário industrial catarinense sente melhora no cenário econômico do país, com o otimismo em ascensão. Já o Índice de Expectativas, que mensura o sentimento do industrial para os próximos seis meses, também registrou aumento de 1,3 pontos no estado e de 2,4 pontos na média nacional.                 

JORNAL IMPRESSO
23/09/2022
16/09/2022
09/09/2022
02/09/2022

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS