sexta, 19 de agosto de 2022
Geral
29/07/2022 | 16:35

Três toneladas de materiais recicláveis já foram coletadas nas unidades escolares de Itajaí

A Secretaria de Educação de Itajaí, através da supervisão de Educação Ambiental, divulgou na tarde desta quinta-feira (28) os resultados obtidos ao longo dos últimos meses com os projetos “Gestão de Resíduos Sólidos” e “Rugido Sustentável”. As ações foram implementadas em janeiro e abril deste ano, respectivamente, nas 117 unidades da Rede Municipal de Ensino de Itajaí e terão continuidade no próximo semestre. O trabalho inicial já rendeu bons frutos: 78% das unidades realizaram a separação correta dos resíduos gerados na cozinha no período. Também foram coletados aproximadamente mil litros de óleo de cozinha usado e cerca de três toneladas de materiais recicláveis (revistas, livros, cadernos e lixo eletrônico).
 
“Quero parabenizar a todos os envolvidos, desde a efetiva implantação do projeto nas nossas unidades até as suas execuções. São projetos de grande valia para o meio ambiente e para a educação ambiental dos nossos estudantes. Creio que a cada semestre vamos melhorar exponencialmente esses resultados”, destacou a secretária de Educação de Itajaí, Elisete Furtado Cardoso.
 
O projeto “Gestão de Resíduos Sólidos”, desenvolvido em parceria com o Instituto Itajaí Sustentável (INIS), a Ambiental e o programa Recicla Itajaí, começou em janeiro deste ano com a capacitação de mais de 600 funcionários terceirizados que trabalham nas cozinhas das unidades de ensino. Na sequência, todas as escolas, centros de educação infantil e centros de educação em tempo integral receberam lixeiras para a separação do lixo reciclável e comum. Ao longo dos últimos cinco meses, as equipes foram divididas por polos educacionais e receberam acompanhamento e orientações sobre o gerenciamento dos resíduos.
 
“Foi realizado um trabalho bastante intenso em todas as unidades, a fim de orientar, monitorar e tirar dúvidas sobre a separação e destinação correta dos lixos gerados dentro das cozinhas. Nossa intenção é ampliar o projeto, fornecendo capacitação para os administradores escolares, porque entendemos que a gestão dos resíduos deve abranger toda a unidade, não apenas a cozinha, mas este já é um belo começo”, enfatizou a supervisora de Educação Ambiental da Secretaria, Adriana Bandeira.
 
“Atualmente, a coleta seletiva recolhe por mês, em média, 120 toneladas de resíduos recicláveis em Itajaí. Esse número representa apenas 3% de todo lixo coletado na cidade, então incluir as 117 escolas e creches do município nessa iniciativa é uma das estratégias para ampliar o volume de resíduos recicláveis e multiplicar as práticas sustentáveis na comunidade”, complementou Mauana Ravadelli, coordenadora do programa Recicla Itajaí.
 
Já o projeto “Rugido Sustentável”, que é desenvolvido em parceria com os Lions Clube Itajaí Praia e Centro e o Instituto Excellence de Desenvolvimento Sustentável (IEDS), disponibilizou contentores para arrecadação de óleo de cozinha usado, lixo eletrônico, revistas, livros, cadernos e folhas de papel irrecuperáveis. O projeto foi implantado nas unidades de ensino em abril deste ano e alcançou resultados surpreendentes.
 
“Mais de 3 toneladas de materiais recicláveis que antes seriam descartados de maneira incorreta agora estão revertendo valores reais com a venda em benefícios das escolas e creches do Município. Esse projeto abrange uma cadeia bem significativa, porque não envolve apenas os alunos e profissionais das unidades, mas toda a comunidade dos arredores que pode fazer a destinação correta de todos esses materiais”, ressaltou João Gadelha, assessor de Meio Ambiente do Distrito LD 5 do Lions Clube e presidente do IEDS. 

JORNAL IMPRESSO
19/08/2022
12/08/2022
05/08/2022
29/07/2022

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS