sexta, 19 de agosto de 2022
Geral
29/07/2022 | 16:29

Obra da ponte sobre o Rio Gravatá avança para etapas de infra, meso e superestrutura

A construção da ponte sobre o Rio Gravatá avançou para novas etapas: infraestrutura, mesoestrutura e superestrutura. A evolução representa a superação das etapas de fundações profundas e os estaqueamentos, com a obra chegando a quase 30% de sua execução.
 
“Superamos uma das etapas mais complexas e importantes da obra. Agora, a evolução ficará mais nítida à comunidade, mas categorizamos que estamos dentro do prazo e esperamos concluir os trabalhos até o mês de outubro”, pontua o prefeito, Aquiles da Costa.
 
Pelo projeto idealizado pela Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí, a nova ponte – que também possui viés arquitetônico turístico – terá 26 metros de extensão e 14,8 metros de largura e um vão maior, justamente para facilitar a navegação dos pescadores artesanais. Ciclovia e passeio também compõe a estrutura.
 
“Uma obra que vai melhorar a mobilidade entre Penha e Navegantes, além do quesito segurança, já que a ponta apresenta sinais perigosos de alta corrosão. Esse vão mais elevado vai favorecer a passagem de embarcações, especialmente da pesca artesanal, que utiliza o canal como forma de chegar ao oceano em busca do sustento familiar diário”, detalha o prefeito.
 
A empresa vencedora da licitação tem prazo de seis meses para concluir a obra, que iniciou em 5 de abril. A Construtora Hejos venceu a licitação com a proposta de R$ 2.438.757,20 – exatos R$ 330.344,67 a menos do valor previsto no edital, lançado a R$ 2.769.101,87.
 
A obra será paga pelo Governo do Estado. Por conta da complexidade dos serviços e para segurança no canteiro de obras, o trânsito de veículos está bloqueado. O trânsito entre as duas cidades foi desviado pelas ruas Luísa Alexandrina (Penha) e Avenida Rio do Sul (Navegantes), onde há uma segunda ponte. O acesso a Rua Luísa Alexandrina é feito pela Rua Júlia da Costa Flores (bairro Gravatá) ou Rua Angiolete João de Freitas (bairro Santa Lídia).
 
RESPEITE O PONTILHÃO
 
Um pontilhão exclusivo para a passagem de pedestres e ciclistas foi construído lateralmente à obra. Há sinalização proibindo que motociclistas a utilizem para travessia entre Penha e Navegantes – situação que não vem sendo respeitada. Os governos públicos pedem, em prol da segurança social, que a proibição seja cumprida. Uma câmera de monitoramento especial foi instalada no local, na tentativa de coibir a prática.

JORNAL IMPRESSO
19/08/2022
12/08/2022
05/08/2022
29/07/2022

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS