quinta, 19 de maio de 2022
Geral
17/01/2022 | 16:15

Instagram chega a dois bilhões de usuários

O fato não foi anunciado oficialmente, o que é um sinal de como os tempos mudaram; até há alguns anos, certamente, o atingimento desse número seria comemorado efusivamente. Agora, o grande público tomou conhecimento do fato através de um informe que teria sido vazado por um funcionário do Instagram à rede de notícias CNBC. O Instagram não confirmou o fato, o que provavelmente não fará.

 

Já, há algum tempo, a Meta, ex-Facebook, não informa números acerca de cada produto de seu portfólio, preferindo tornar público apenas o número total de usuários de suas redes Facebook, Instagram, WhatsApp e Messenger. Em 2018 aconteceu pela última vez a divulgação de números específicos, quando o Instagram atingiu seu primeiro bilhão de usuários.

 

Se for verdadeira a informação divulgada pela CNBC, o Instagram demorou três anos para ganhar outro bilhão de usuários, o que teria ocorrido em meados de outubro, alguns dias antes de Mark Zuckerberg ter anunciado o rebranding do grupo.

 

O fato é que neste momento o Instagram talvez não esteja muito interessado em comemorar esse tipo de marco, apesar de sua importância para seus negócios. Fatos como o vazamento de estudos feitos pela empresa acerca dos efeitos maléficos das redes sociais para crianças e adolescentes, a suspensão do desenvolvimento do Instagram Kids que seria destinado a esse público e as pressões da imprensa e do Congresso americano sobre a empresa, devem ter levado o Instagram a optar por um perfil mais baixo e deixar de lado as comemorações.

 

No entanto, apesar de dois bilhões de usuários ser um número impressionante, o Instagram observa com cuidado seu grande rival, o TikTok, que em 2021 atingiu seu primeiro bilhão de usuários e já foi baixado 596,1 milhões de vezes neste ano, ante 570,7 milhões do Instagram. Em um mercado vital como o americano, o grupo de pesquisas Forrester informa que 63% dos jovens de 12 a 17 anos usam o TikTok todas as semanas, contra os 57% que usam Instagram.

 

São números interessantes, mas que devem fazer com que reflitamos acerca do imenso poder dessas redes, que para o bem e para o mal, influenciam fortemente a sociedade.

 

Vivaldo José Breternitz, Doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo, Mestre em Engenharia Elétrica pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Atualmente é consultor de empresas.

 

 


JORNAL IMPRESSO
13/05/2022
06/05/2022
29/04/2022
22/04/2022

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS