terça, 18 de janeiro de 2022
Geral
02/12/2021 | 11:35

Vendas da Black Friday tiveram crescimento discreto em SC

O resultado é reflexo do ambiente macroeconômico desafiador, com forte pressão inflacionária e menor renda da população, dólar em alta, fatores que acabaram deixando a data abaixo das expectativas.
 
A entidade percebeu maior volume de consultas na base de vendas no crediário SPC na semana anterior a da Black Friday. Foi observado que os lojistas estão aproveitando o mês inteiro de novembro para as realizarem as promoções da data.
 
Diferente de 2020, as lojas físicas tiveram uma representatividade maior que as lojas online, na proporção de 60% e 40%, respectivamente.

As vendas de eletrônicos, celulares e móveis não foram tão expressivas, pois os produtos foram adquiridos durante a pandemia, no trabalho em home office.

"Percebemos que as pessoas perderam o medo das compras online, seja para consumir ou pesquisar preços. O desafio é o comércio físico que precisa se reinventar para poder acompanhar seu concorrente", avalia o presidente da FCDL/SC, Ivan Roberto Tauffer.

O dirigente acredita que as incertezas da economia e o aumento da disparada dos preços, como a dos combustíveis, foram fatores que contribuíram para a pressão e apreensão do consumidor.

JORNAL IMPRESSO
14/01/2022
07/01/2022
31/12/2021
23/12/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS