quinta, 23 de setembro de 2021
Cultura
10/09/2021 | 14:03

Shows e videoclipes encerram a programação do 23º Festival de Música de Itajaí

A programação do 23° Festival de Música de Itajaí encerra neste sábado (11) com o último ciclo de oficinas formativas, mostra de videoclipes e apresentações regionais. O tradicional evento, neste ano, ocorreu no formato on-line devido à pandemia de Covid-19. As atrações serão transmitidas, a partir das 18h, pelos canais do YouTube do Município de Itajaí (youtube.com/municipiodeitajai) e da Fundação Cultural de Itajaí (youtube.com/fundacaoculturaldeitajai).

As atividades da noite começam com a mostra do clipe “Desempenho” de François Muleka e Klebe Pinheiro, e “Toda Quinta” de Marissol Mwaba, a partir das 18h. A cantora Bárbara Damásio abre os shows regionais às 19h, seguida da performance de A Corda em Si e Rodrigo Gudin Paiva. O show de encerramento será com Giana Cervi e Vê Domingos.

As oficinas formativas desta edição também terminam no sábado. No total, foram 18 cursos rápidos com 320 alunos inscritos, oriundos de 80 cidades de diversos estados do Brasil e inclusive de outros países. Profissionais de renome nacional e internacional conduziram as aulas, de forma on-line, em práticas e técnicas em música, tecnologia e mercado da música. Trechos das oficinas serão publicados posteriormente no canal do Youtube da Fundação Cultural de Itajaí.

Saiba mais sobre os shows regionais:

Bárbara Damásio
Bárbara Damásio é cantora, educadora musical e jornalista. É professora de canto do programa Arte nos Bairros e do Conservatório de Música Popular de Itajaí Carlinhos Niehues, onde atua também como assessora de direção. Em 2010, gravou o DVD "Você é mesmo essa flor" que contou com a participação da cantora Elza Soares e se apresentou por 27 cidades. Com esse projeto realizou uma turnê por 27 cidades de SC pelo Circuito SESC de Música 2016. A turnê rendeu a gravação do seu primeiro CD intitulado "Áudio Retrato". Agora, Bárbara apresenta este álbum, marcado por influências do sambajazz, música latina e da bossa nova, no 23º Festival de Música de Itajaí.

A Corda em Si
O duo A Corda em Si, formado por Mateus Costa (contrabaixista, arranjador e compositor) e Fernanda Rosa (cantora, percussionista e compositora), estreou em 2009 em Florianópolis/SC com a proposta de fazer música na rara formação de contrabaixo e voz. Em 2020, devido ao isolamento social causado pela pandemia, os shows foram cancelados, mas eles iniciaram o processo de composição e criação do novo show "As paredes têm ouvidos", em parceria com Rodrigo Gudin Paiva – percuterista e professor do Conservatório de Música Popular de Itajaí Carlinhos Niehues. Os ensaios à distância aconteceram por envio de gravações caseiras que geraram vídeos de pré-produção deste novo trabalho que será apresentado.

Giana Cervi e Vê Domingos
Dona de um timbre de voz inconfundível, Giana Cervi é fonoaudióloga, cantora e educadora. Sua trajetória profissional se consolidou por dois caminhos que se complementam: o artístico, onde atua como cantora e compositora, e o da docência. É professora do Conservatório de Música Popular de Itajaí Carlinhos Niehues. Já abriu shows de artistas como Renato Borghetti, Adriana Calcanhotto, João Bosco, Gal Costa, Zélia Duncan, Mônica Salmaso e Simone. Vê Domingos é artista visual, músico e compositor. Ele tem dois álbuns solo (Prosa Fina e Azul Caiado), foi um dos integrantes e principal compositor do grupo Tribuzana. Tem suas composições espalhadas com vários artistas do sul e algumas de suas letras estão nos trabalhos mais recentes do grupo O RAPPA.

Confira a programação de shows do festival neste sábado:

11/09 (sábado)

18h - MOSTRA DE VIDEOCLIPES: François Muleka e Klebe Pinheiro - Desempenho; Marissol Mwaba - “Toda Quinta”

19h - SHOWS REGIONAIS: Bárbara Damásio
                                               A Corda em Si
                                               Giana Cervi & Vê Domingos


JORNAL IMPRESSO
17/09/2021
10/09/2021
03/09/2021
27/08/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS