quinta, 23 de setembro de 2021
Cultura
23/07/2021 | 17:59

Professores da Educação Integral de Itajaí lançam álbum no Teatro Municipal nesta sexta-feira

Os professores da Educação Integral da Escola Básica Aníbal César, que formam o Grupo Cambaqui, vão lançar na noite desta sexta-feira (23), às 20h, o álbum “Memória Pexêra”. O show para 150 convidados, mais restrito em virtude da pandemia, será no Teatro Municipal de Itajaí e contará com a participação especial do poeta e escritor itajaiense Hang Ferrero, que declamará poemas autorais e fará intervenções durante a apresentação musical. Os ingressos já estão esgotados, mas quem quiser conferir o espetáculo, é só acessar o Instagram @cambaqui e prestigiar o show on-line. A atração vai retratar, através de canções autorais, as belezas naturais, os costumes, as figuras públicas, as expressões e as tradições do povo itajaiense.
 
“Nasci e cresci na cidade de Itajaí. Tenho muito orgulho de nossa encantadora cidade e é um privilégio muito grande poder contribuir culturalmente com o que sei fazer de melhor, que é música”, comenta o professor e músico Guilherme Bruno, um dos autores das canções.
 
Não é de hoje que os professores Guilherme Bruno, Elton Mendes e Paulo Roberto compõem músicas que falam da terra e do povo itajaiense. Há cerca de um ano, eles criaram um canal no Youtube e foram postando as músicas, que logo caíram no gosto popular. Em uma das canções, que dá o título ao primeiro álbum – Memória Pexêra – o grupo enfatiza expressões bem típicas de Itajaí: “Segue reto toda vida, camba às direta aqui, sorria, você está em Itajaí!”. As produções podem ser conferidas no canal dos professores, clicando aqui.
 
As músicas que compõem o cardápio peixeiro do Cambaqui e que serão apresentadas nesta sexta-feira no Teatro Municipal são: Memória Pexêra, Mercado Marcado, Brasilidades, Sou Itajaí-Açu, Hora de largar, Pexêro por inteiro e Abraço Guardado. As canções estarão disponíveis, em breve, nas plataformas digitais.
 
“É muito gratificante ver um projeto que nasceu dentro da escola ganhar essa dimensão e ainda contar com o envolvimento de toda escola, além dos pais e da comunidade”, destaca o professor e músico Elton Mendes.
 
Comunidade escolar se envolveu nas produções
 
A capa do álbum “Memória Pexêra” foi feita pelo artista plástico também de Itajaí, Wagner Kuhnen, que com muita sensibilidade, deu traços e cores às questões retratadas nas músicas dos professores. A produção foi toda realizada dentro da Escola Básica Aníbal César, sob os olhares dos alunos da unidade.
 
“A escola é a base de tudo, o estudo e a educação servem de suporte para cultura e para a história guardada posteriormente. Na tela, não deixei de fora nossas praias e seus encantos naturais, as capivaras que circulam livremente pelas calçadas de Itajaí, nosso estimado time Marcílio Dias... Retratei, também, os professores de música, a diretora Elenice, mulher de garra e atitude, que também ajuda nas composições do Cambaqui e faz de tudo para a cena cultural se movimentar”, enfatiza o artista plástico, Wagner Kuhnen.
 
“Quando vejo o resultado do trabalho desenvolvido pela Educação Integral, percebo, com imensa satisfação, que a dedicação, o empenho, o esforço e as parcerias feitas com a Secretaria de Educação valem a pena. Ver o Memória Pexêra no Teatro Municipal de Itajaí é saber que muitos verbos no infinitivo foram conjugados (acreditar, torcer, aplaudir, participar, ajudar...) e que, por este motivo, precisamos continuar acreditando nos trabalhos dos nossos profissionais, fazendo lembrar que todo e qualquer investimento na Educação vale a pena”, destaca a diretora da Escola Básica Aníbal César, Elenice Furtado.

JORNAL IMPRESSO
17/09/2021
10/09/2021
03/09/2021
27/08/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS