domingo, 20 de junho de 2021
Economia
08/06/2021 | 17:55

Recursos do Pronampe devem chegar às empresas em 10 dias, afirma presidente da ABDE

O projeto de lei que torna o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) permanente foi publicado no Diário Oficial na última sexta-feira (4). Com aporte de R$ 5 bilhões no Fundo Garantidor de Operações (FGO) para cobrir até 20% da carteira total de cada instituição, o governo prevê que o programa empreste R$ 25 bilhões até o final do ano. A estimativa da Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE), entidade composta por 31 instituições financeiras de desenvolvimento que compõem o Sistema Nacional de Fomento (SNF), é que os recursos comecem a chegar às empresas na segunda quinzena do mês. 
"Dialogamos com o governo federal a reedição do Pronampe e estamos satisfeitos que o programa se tornou realidade. Já demos início ao cadastro e esperamos estar irrigando as MPEs com crédito e trabalhando com vistas à retomada da economia. Em cerca de 10 dias acredito que os recursos já devem chegar na ponta", explicou o presidente da ABDE, Sergio Gusmão Suchodolski. 
No ano passado, o Pronampe emprestou R$ 37 bilhões. Doze entidades do SNF (Badesul, Banco da Amazônia, Banco do Brasil, Banco Sicoob, Banrisul, BDMG, BNB, Caixa, Sicredi, GoiásFomento, Banestes e Banese) operaram 78,5% do valor contratado, totalizando R$ 29,5 bilhões em garantias. 
"Somos imensa maioria dos operadores do Pronampe e vemos essa nova fase com bons olhos, sobretudo porque ainda estamos na pandemia e há necessidade de crédito atraente e com fundo garantidor robusto", disse Suchodolski. 

JORNAL IMPRESSO
18/06/2021
11/06/2021
04/06/2021
28/05/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS