domingo, 20 de junho de 2021
Educação
04/06/2021 | 09:19

Fapesc e Capes destinam R$ 8,79 milhões em bolsas de pós-graduação em Santa Catarina

Está aberta uma chamada pública para financiar pesquisas em programas de pós-graduação – mestrado, doutorado e pós-doutorado – em Santa Catarina. O investimento de R$ 8,79 milhões é da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc) em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). As submissões devem ser feitas pelas Instituições de Ensino Superior (IES) até 30 de junho. 
 
O edital terá 184 bolsas de estudo: 137 de mestrado, 40 de doutorado e sete de pós-doutorado, cujos valores são, respectivamente, R$ 1,5 mil, R$ 2,2 mil e R$ 4,1 mil. A chamada pública é voltada para programas de pós-graduação stricto sensu emergentes e em consolidação – a lista das Instituições de Ensino Superior (IES) e dos programas está disponível no edital. 
 
“A Fapesc tem realizado um excelente trabalho na busca por recursos e vamos responder com investimento no desenvolvimento de profissionais altamente qualificados e na busca de soluções”, afirmou o governador Carlos Moisés. “É uma prioridade para o governo e para Santa Catarina novas ações em pesquisa. Só com este edital, ajudamos no fortalecimento e no trabalho de 17 instituições de ensino superior e mais de 100 cursos de pós-graduação. E os impactos dessas ações serão sentidos agora e também no futuro”.
 
O investimento foi possível após a Fapesc aprovar os quatro projetos destinados aos programas de pós-graduação emergentes e em consolidação em Santa Catarina  junto à Capes. Emergentes são os programas criados a partir de 2013 e que passaram por apenas uma avaliação. Em consolidação são os que têm notas quatro ou inferior nos últimos ciclos de análise. 
 
“É importante termos mais bolsas para mestrandos, doutorandos e pós-doutorandos na nossa pós-graduação. Esse é um programa piloto da Capes que está sendo realizado em todos os estados em que as Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa submeteram propostas. Com certeza teremos desdobramentos deste programa futuramente. E já iniciamos conversas para um novo ciclo para 2022”, explicou o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, durante live de lançamento do edital. 
 
São 118 programas emergentes e em consolidação listados pela Capes, que receberão pelo menos uma bolsa. As bolsas restantes serão distribuídas para as IES com maior número de programas de pós-graduação. 
 
“É o programa de pós-graduação que vai indicar o bolsista para a Fapesc”, salientou Ana Paula Netto Carneiro, gerente de Eventos em Ciência, Tecnologia e Inovação, Ana Paula Netto Carneiro, responsável pelas bolsas da Fapesc. “O programa vai selecionar o bolsista seguindo critérios próprios e que também estejam de acordo com o edital, onde são indicados critérios para seleção e vinculação a posteriori deste bolsista.”  
 
Total de bolsas
 
Neste ano, além deste novo edital, a Fapesc mantém 213 bolsas de mestrado, 58 de doutorado e três de pós-doutorado. Um novo edital será lançado para o segundo semestre. 
 
O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), Luciano Buligon, valoriza a importância da educação. “Investir em educação é  a base para o desenvolvimento do nosso Estado e dos países. Com este intuito o Governo de Santa Catarina concentra esforços no incentivo à pesquisa, tecnologia e inovação, vislumbrando um futuro de mais oportunidades e empregos à população.”
 

JORNAL IMPRESSO
18/06/2021
11/06/2021
04/06/2021
28/05/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS