domingo, 20 de junho de 2021
Saúde
01/06/2021 | 14:52

Movimento Pró Hemosc de Itajaí reforça campanha para cadastro de doadores no Junho Vermelho

No dia 14 de junho comemora-se  o dia do doador de sangue, por isso o mês é tão importante para conscientização  do gesto nobre que salva vidas.  O reforço é  para despertar nas pessoas a importância de ser um doador.  É uma data simbólica, mas que serve para aumentar o cadastro de pessoas dispostas a doar. De acordo com o Ministério da Saúde são uma média de 3 milhões de doações no país, número que precisa aumentar. Em Itajaí, O Movimento Pró-Hemosc está reforçando a campanha de cadastramento on-line para aumentar o número de doadores na região. O movimento da sociedade civil organizada, também luta para que o governo do estado, instale uma unidade coleta de sangue no município. A  necessidade de sangue do tipo O+ e O-, mobilizou profissionais do  Hemosc de Florianópolis, Blumenau  e Joinville a  fazer a coleta em Itajaí no dia 19 de maio. Com uma unidade instalada na cidade,  a agilidade em ter em estoque esses tipos de sangue seriam bem maiores, evitando a falta e colaborando com o sucesso do procedimento ao paciente. 
 
Entenda o que é o Movimento Pró-Hemosc
 
A iniciativa é de um grupo de voluntários. A cidade que é polo na região não tem um serviço de coleta. Hoje é preciso se deslocar até Blumenau ou Florianópolis para doar sangue. Já foram feitas três audiências públicas para a instalação de uma unidade de coleta de sangue no município. O Movimento Popular Pró-Hemosc de Itajaí e Região trabalha para convencer o Governo do Estado da necessidade do centro de coleta de sangue. Itajaí é uma cidade-polo de outros10 municípios e precisa desse tipo de serviço para facilitar as doações. Voluntários dispostos a doar têm que se deslocar para Blumenau e Florianópolis. O grupo que trabalha para a instalação do Hemosc na cidade já tem 6 mil doadores cadastrados com todos os tipos de sangue. Com a instalação do banco de sangue, vai ser tornar mais fácil abastecer os hospitais da região que é uma das mais movimentadas do estado e tem unidades hospitalares de referência como o Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen em Itajaí e Hospital Ruth Cardoso em Balneário Camboriú. A falta de uma unidade de coleta é um grave risco à saúde de quem precisa de sangue com urgência. 
Para fazer o cadastro on-line para doador, a pessoa interessada deve acessar o site:
www.movimentohemosc.com.br
 
De acordo com o Ministério da Saúde os critérios para doar sangue são:
 
Ter idade entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos.
Menores de 18 anos devem ter autorização legal dos pais ou responsáveis.
Pesar no mínimo 50kg.
Estar alimentado, mas não comer alimento gorduroso antes do doação.
Apresentar documento de identidade com foto do órgão oficial.

JORNAL IMPRESSO
18/06/2021
11/06/2021
04/06/2021
28/05/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS