quarta, 14 de abril de 2021
Saúde
06/04/2021 | 10:43

Um novo momento e o mesmo conceito de benefícios naturais à saúde

 

Reconhecido pelo cultivo de orgânicos e plantas bioativas como o ora-pro-nóbis e o tupinambor, o Sítio Flora Bioativas em Porto Belo, no litoral catarinense, passa por um processo de mudança no manejo e comercialização dos produtos que auxiliam na alimentação, potencializando os resultados para refletir na saúde e na qualidade de vida. O casal Noeli Pinheiro e Edemir Martinhago, proprietários do sítio, junto com os novos parceiros, estão promovendo as mudanças, com aplicação de métodos que vão desde processos de gestão, escolha dos produtos, avaliação criteriosa de qualidade até à maneira como esses produtos vão chegar ao consumidor. Desde o ano 2000, o Flora Bioativas é referência em orgânico, PANC (Plantas Alimentícias não Convencionais) e nutracêuticas, chamando a atenção de especialistas em nutrição e pesquisadores dos setores público e privado pela qualidade do solo, o sistema de cultivo e a técnica de colheita, resultando em um material rico em nutrientes como apontam as análises. Na nova fase, os suplementos alimentares encapsulados, serão os produtos-âncoras. São plantas com altíssimo potencial terapêutico, que se aliam à maneira como o solo é tratado para fornecer a excelente matéria prima. Na lista dos alimentos nutracêuticos e funcionais estão o Ora-pro-nóbis, cacto folhoso rico em proteínas. A moringa oleífera cujo os benefícios são variados, e, vão desde o auxílio ao controle do diabetes, até a prevenção de doenças do coração. A Cúrcuma, um poderoso antioxidante, além de outras propriedades medicinais. A Zedoária, ideal para o sistema digestivo. O Tupinambor, um tubérculo usado como planta medicinal para diabete e reumatismo entre outras propriedades que auxiliam na saúde. O Ginseng brasileiro, raiz medicinal que melhora a imunidade, reduz o estresse e é usada no tratamento da disfunção erétil. A combinação da erva baleeira com a bardana faz parte de um dos compostos que serão oferecidos. A erva baleeira, planta da Mata Atlântica, é um poderoso anti-inflamatório já reconhecido também na rede pública de saúde. A bardana também funciona como anti-inflamatório, calmante e cicatrizante entre outras propriedades como ação no sistema sanguíneo. A vantagem dos suplementos alimentares encapsulados é a praticidade e a dosagem certa que o organismo precisa. “Queremos oferecer alternativas práticas e naturais para a melhoria da saúde, buscando unir tecnologia com a nutrição e suplementação. Permitindo que mesmo com uma rotina atribulada, sem tempo para se alimentar da melhor maneira, o consumidor consiga de forma prática e fácil ingerir nutrientes essenciais para sua saúde”, completa Bernardo Braga, um dos parceiros que está a frente da mudança de imagem e posicionamento do Flora Bioativas para o mercado. Braga ressalta que o momento em que vivemos é o ideal para buscarmos a manutenção da saúde através dos alimentos, com os nutrientes necessários que possam fortalecer o sistema imunológico diante do desafio de um período pandêmico. A aposta na valorização da terra e nos extratos extraídos das plantas cultivadas de modo orgânico é o grande diferencial no processo de rebranding, que é mudar a percepção do público em relação à imagem, focando mais nos suplementos alimentares.  “A produção do sítio está recebendo um investimento relevante no que tange o cultivo de plantas bioativas, funcionais e nutracêuticas, visando a comercialização da nova linha de suplementos nutracêuticos de extratos vegetais. A produção das PANC e dos produtos orgânicos para o atendimento da CSA (Comunidade que Sustenta a Agricultura), da merenda escolar de alguns municípios catarinenses e de parceiros estratégicos como empórios e restaurantes, será mantida e aprimorada para atender ainda melhor nossos clientes”, ressalta Frederico Schillings Ferrer, a frente também da mudança implantada no sítio. “Nosso foco será fornecer opções únicas para pessoas que procuram alimentos orgânicos e suplementos saudáveis” afirma Ferrer.


JORNAL IMPRESSO
09/04/2021
01/04/2021
26/03/2021
19/03/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS