sexta, 24 de setembro de 2021
Cultura
09/03/2021 | 09:54

Secretaria de Educação desenvolve projeto Mulheres e Meninas Incríveis da História

Anualmente, no mês de março, as unidades escolares de Itajaí, através da Diretoria de Educação Integral e Ações Educativas e o Programa Diversidade Étnico-Racial, de Gênero e Combate ao Bullying, trabalham a questão da mulher e seus direitos, feitos, conquistas e memórias. Este ano, em função da pandemia, o departamento buscou uma proposta educativa envolvendo a tecnologia digital para chamar a atenção dos alunos da Rede Municipal de Ensino. 

Com o tema “Mulheres e Meninas incríveis da História”, foram elencadas 10 personalidades retratadas, de forma voluntária, pela artista Thayná Kátia Ferreira através da arte “Realismo Grafite”. Entre as personalidades, Frida Kahlo (pintora mexicana conhecida por seus autorretratos); Anita Garibaldi (heroína que participou de diversas batalhas no Brasil e na Itália); Malala Yousafzai (militante paquistanesa dos direitos das crianças); Anne Frank (jovem judia vítima do nazismo), entre outras.

“O nosso objetivo com esse projeto é apresentar aos educandos algumas mulheres e meninas que transformaram o rumo da história, estimulando, assim, o empoderamento feminino e o protagonismo, bem como favorecendo a igualdade entre meninos e meninas”, declara a autora do projeto e supervisora do programa diversidade étnico-racial, Taysa Jeane Silva Buck.

A partir dessas dez imagens, a Diretoria de Tecnologias Educacionais fez a elaboração dos jogos (quebra-cabeças) digitais, que já estão sendo disponibilizados para todas as unidades escolares.

“Entendemos que os jogos já fazem parte do mundo das crianças e adolescentes. Então, fiz a elaboração do design desses quebra-cabeças, que com certeza serão mais um recurso para os educadores fazerem a contextualização da temática, envolvendo aprendizagem e brincadeira”, enfatiza a supervisora da diretoria de tecnologias educacionais, Edizael Adriana da Rosa.

Para promover uma reflexão sobre a conquista da mulher e sua luta na sociedade, a supervisora do Programa Cultura e Travessura, Ana Carolina Beling Victorino, desenvolveu a ação da contação da história “Malala: a menina que queria ir para escola”, juntamente com a Supervisora da Diversidade, Taysa Jeane Silva. Esta contação será disponibilizada paras unidades de ensino com propostas para a educação infantil e para o ensino fundamental. As gravações foram realizadas na última sexta-feira (05) e tiveram como protagonistas as próprias supervisoras dos programas.

“Esperamos que assim, de forma virtual, as unidades possam mediar essa proposta com todos os estudantes, pois queremos um mundo mais igualitário e que as nossas meninas se inspirem a lutarem pelos seus direitos”, finaliza Ana Carolina Beling Victorino.

Para ter acesso aos vídeos e aos quebra-cabeças, é só acessar o link: https://sites.google.com/edu.itajai.sc.gov.br/diversidade.

Homenagem às servidoras

Na tarde desta segunda-feira (08), as servidoras da Secretaria de Educação foram homenageadas através de uma oficina em que as mulheres produziram o seu próprio mimo – um aromatizador de ambientes. As atividades foram divididas em dois grupos para evitar aglomeração e garantir o distanciamento social entre as servidoras. O encontro terminou com um café especial em homenagem às mulheres. 


JORNAL IMPRESSO
17/09/2021
10/09/2021
03/09/2021
27/08/2021

PUBLICIDADE
+ VISUALIZADAS