domingo, 28 de fevereiro de 2021
GERAL
12/02/2021 | 10:55

Projeto evidencia processos criativos dos residentes da Casa Mágika

Durante a pandemia, os artistas tiveram que se adaptar a novas ideias e formatos, vivenciando outra perspectiva de construção econômica relacionada ao trabalho artístico. O projeto ?Resiliência e Residência na Casa Mágika Itajaí? mostrará ao público, por meio de lives, processos criativos dos residentes que moram e desenvolvem seus trabalhos e pesquisas no espaço Casa Mágika. Haverá três lives transmitidas no @casamagikaitajai, entre os dias 12 e 14 de fevereiro (sexta-feira, sábado e domingo). O encerramento será dia 28 de fevereiro (domingo) com a mostra do documentário do projeto.

Na Casa Mágika habitam artistas que trabalham com diversos segmentos da arte, cultura e meio ambiente, como: música, artes visuais, cênicas, circo, dança, artesanato, reciclagem e jardinagem consciente.

Três artistas se apresentarão nestas lives. Dia 12 de fevereiro (sexta-feira), às 17h, Jesus Angel Sulbaran Rivas, falará sobre ?A arte de ser palhaço?. No dia seguinte (13 - sábado), às 21h, Hyndira Borba conduzirá ?A pintura do leque para a rifa do final do projeto?. Dia 14 (domingo), às 19h, a live ?Imersão? será com o artista Willian Fedrizzi.

O processo das lives será registrado pela produtora Koche Filmes, que utilizará o material para a criação de um curta documentário, contemplando o olhar subjetivo, a vida e a arte de cada um dos artistas. O mini documentário contará também com a gravação de material complementar, conteúdo de entrevistas, acompanhamento de processos e depoimentos. O curta será exibido no dia 28 de fevereiro, às 21h, pelo YouTube da casa.

Confira a programação:

- 12 de fevereiro, 17h - ?A arte de ser palhaço?, com Jesus Angel Sulbaran Rivas

- 13 de fevereiro, 21h ? ?A pintura do leque para a rifa do final do projeto?, com Hyndira Borba

- 14 de fevereiro, 19h ? ?Imersão?, com Willian Fedrizzi.

- 28 de fevereiro, 21h ? Transmissão/exibição de documentário

Compartilhar
JORNAL