terça, 02 de março de 2021
GERAL
12/02/2021 | 10:53

Educação de Camboriú inicia renovação e emissão de carteirinhas do transporte escolar

A Secretaria de Educação de Camboriú informa que iniciou na quarta-feira, dia 10, o período para renovação e emissão de novas carteirinhas do transporte escolar do município. Os pais ou responsáveis pelos alunos tem o prazo até o dia 30 de abril para emitir a carteirinha.

?Com a realização da renovação ou emissão da carteirinha, será entregue ao estudante um documento provisório, que o permitirá ter acesso ao serviço normalmente durante este início de ano letivo. O documento conta com uma data de validade, que irá expirar conforme a previsão de entrega da carteirinha definitiva, que acontecerá no decorrer do ano?, explicou a secretária de Educação, Tathiana Ruivo Foresti.

A carteirinha é direcionada a todos os estudantes residentes em Camboriú, seja no Ensino Fundamental, Médio, CEMJA, assim como estudantes universitários e das demais unidades da rede privada, estadual e federal de ensino. Para a realização da renovação ou emissão, os pais ou responsáveis legais (no caso do estudante ser menor de idade) devem comparecer ao setor de Transportes da Secretaria de Educação, localizada na Rua José Francisco Bernardes, nº 429, Centro. A presença do aluno é necessária para a realização da foto, que é feita no local.

Para a renovação do documento é necessário apresentar o atestado de frequência da respectiva unidade de ensino onde o aluno está matriculado, assim como uma cópia do comprovante de residência, ou declaração registrada em cartório. Já para a emissão de uma nova carteirinha, torna-se imprescindível a apresentação de uma cópia da certidão de nascimento ou carteira de identidade; de um atestado de frequência da respectiva unidade de ensino onde o aluno está matriculado; e uma cópia do comprovante de residência, ou declaração registrada em cartório.

Ampliação da frota

Nos últimos quatro anos, seis novos veículos foram incorporados à frota da educação, totalizando um investimento superior a R$ 1 milhão. Ao todo, foram duas vans, dois ônibus com acessibilidade, um ônibus rural e um mini ônibus.

Compartilhar
JORNAL