quarta, 24 de fevereiro de 2021
GERAL
13/07/2016 | 11:37

Itajaiense autor de foto publicada na National Geographic já foi convidado para expor no Louvre em Paris

Com apenas dois anos e meio de experiência na arte de fotografar, o itajaiense de coração Alfabile Santana já acumula no currículo imagens capazes de emocionar. Recentemente uma fotografia sua, mostrando o contraste entre a pesca artesanal e a atividade portuária nos molhes da cidade, foi publicada na National Geographic Portugal. E as conquistas não param por aí, ele já foi convidado para expor no famoso Museu do Louvre em Paris, na França.

Nascido em Balneário Camboriú, Santana viveu todos os 30 anos de idade em Itajaí, onde captura a maioria de suas fotos. Desde sempre é um apaixonado por paisagens e começou a fotografar com o celular. Tanto que a imagem publicada pela revista portuguesa foi feita com o celular.

A primeira câmera profissional veio há pouco mais de dois anos, quando ele começou também a se dedicar mais à fotografia. Criou uma identidade própria que permite ao espectador identificar uma foto de Santana, mesmo quando não está assinada:

? Eu gosto de fotografia mais artística e paisagens são meu foco. Já tentei trabalhar com eventos, por exemplo, e não rolou. Uso alguns elementos de edição de imagem, justamente porque por terem essa veia artística minhas fotos permitem isso.

Santana já expos em diversos lugares e chegou a comercializar suas fotos, levadas por pessoas que queriam tê-las na sala de casa. Hoje, com o reconhecimento que a publicação na National Geographic lhe conferiu, convites para trabalhos não faltam. Por conta disso, ele já pensa em expandir sua gama de produtos. Vai produzir itens como camisetas e canecas com fotos das paisagens da região.

O sonho de expor no Louvre, contudo, ficou um pouquinho de lado. Apesar de o convite ter sido feito duas vezes, há uma taxa a ser paga para o museu e todo o custo da viagem também ficaria por conta dele. Mesmo assim, Santana não descarta a possibilidade quando uma nova chance surgir.

Foto na National Geographic

Para você que está se perguntando como a foto de Santana foi parar na National Geographic nós explicamos. Algumas revistas e até mesmo jornais de grande circulação têm seções para leitores enviarem as imagens. Alfabile Santana já havia enviado algumas, mas nunca haviam sido publicadas. Até que no início de junho a edição da revista entrou em contato com ele por e-mail perguntando se poderia publicar a foto em questão.

? Não acho que seja minha melhor foto, mas talvez estivessem precisando de algo nesse contexto de tradicional e moderno na mesma imagem ? pontua. 

Compartilhar
JORNAL