sexta, 27 de novembro de 2020
GERAL
23/10/2020 | 13:05

Governador defende relações comerciais entre SC e países árabes, em fórum econômico

O governador Carlos Moisés participou nesta quinta-feira, dia 22, do encerramento do Fórum Econômico Brasil & Países Árabes. Pela live, que transmitiu o evento, o chefe do executivo teve a oportunidade de estreitar as relações comerciais e apresentar o Estado como um dos líderes em exportações no Brasil. Segundo dados da Secretaria de Agricultura e Pesca, só em 2019 Santa Catarina exportou 422,3 mil toneladas e US$ 681,5 milhões em carne suína e de frango para países árabes.

Carlos Moisés foi o único governador de estado que participou do fórum, e em seu pronunciamento reforçou a relação já bem-sucedida com os países árabes. Segundo ele, o Estado é receptivo à aproximação não apenas comercial como também cultural com o oriente médio. ?Como governador eu não poderia perder essa oportunidade de falar sobre o que é o Estado de Santa Catarina e o quão disposto estamos a incrementar as relações com os países árabes. A nossa agroindústria é muito forte, corresponde a cerca de 30% do Produto Interno Bruto catarinense. Por isso, SC naturalmente se destaca no abate halal, processo que respeita os princípios do Islamismo ao longo de toda produção do alimento?, ressaltou.
 

Santa Catarina conta com a primeira filial da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, no município de Itajaí, cidade portuária de Santa Catarina que exporta grandes volumes para os países árabes. Além disso, o Consulado Honorário do Marrocos fica em Florianópolis.

Sobre o Fórum

O Fórum Econômico Brasil & Países Árabes, edição especial online, teve como tema O Futuro é Agora. O evento, que foi realizado entre os dias 19 a 22 de outubro, é organizado pela Câmara Árabe junto com a União das Câmaras Árabes e com apoio da Liga dos Estados Árabes. O objetivo do Fórum é de promover e estreitar as relações comerciais e culturais entre os países, propondo uma reflexão sobre como as trocas podem crescer e se fortalecer de forma sustentável.

De acordo com Rubens Hannun, presidente da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, o Fórum foi visto em pelo menos 61 países nos cinco continentes. O encerramento contou também com a fala do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, o vice ministro da Arábia Saudita, Khaled Tash, o ministro da economia do Estado da Palestina, Khaled Osaily, o presidente do Conselho das Câmaras Sauditas, Ajlan A. Ajlan, o decano do Conselho dos Embaixadores Árabes no Brasil e embaixador do estado da Palestina Ibrahhim Alzeben, o senador Jean Paul Prates, o secretário-geral da União das Câmaras de Comércio Árabes, Khaled Hanafy, secretário-geral adjunto e chefe do gabinete e secretário-geral da Liga Árabe, embaixador Hassam Zaki.

Compartilhar
JORNAL