segunda, 19 de outubro de 2020
22/09/2020 - 15:01

RODAS DE CONVERSA AO VIVO COM ARTISTAS E CRIANÇAS MOVIMENTAM A PROGRAMAÇÃO DO 4º FESTINFANTE ATÉ DOMINGO

O Festival de artes para a infância que ocorre online até dia 27 de setembro conta com 10 apresentações, além de oficinas e rodas de conversa com participação de artistas de cinco estados brasileiros.

O Festinfante - Festival de Teatro e Artes Integradas para a Infância, que tradicionalmente acontece em Itajaí (SC), este ano tem a sua 4ª edição em versão online, podendo ser conferido gratuitamente pelo público de todo o Brasil. A programação conta com transmissões ao vivo e exibição de vídeos gravados e segue até 27 de setembro disponível no site: www.festinfante.com.br

 

O Festinfante é pensado para crianças e suas famílias, e vai apresentar uma programação acessível e feita exclusivamente para o formato online. Com libras, legendagem para crianças surdas e ensurdecidas, o festival também oferecerá a audiodescrição para crianças cegas e com baixa visão.

 

Ao decorrer desta semana, quatro rodas de conversa e um lançamento de livro para infância serão realizadas ao vivo no site do evento, os convidados irão falar sobre produções culturais e festivais realizados durante a pandemia, como manter-se conectado ao público e ainda uma roda de conversa com participação de crianças, para ouvi-las e dialogar acerca das suas experiências e percepções a partir da programação do festival.

 

 

?As rodas de conversa, estas tão necessárias janelas de encontros que nos permitem possibilidades importantes de compartilhamento de experiências acerca de realizações, como por exemplo o nosso festival, em ambiente inteiramente virtual, uma novidade que compreende enormes desafios, são inestimáveis momentos de intercâmbio e fortalecimento entre as pessoas, profissionais de diversas áreas, entre projetos e iniciativas, artistas criadores e o público?, comenta Andréa Rosa, coordenadora e curadora do festival. 

 

Curadoria

No estruturar uma programação de um festival para a infância está a responsabilidade de proporcionar um território de descobertas sensíveis para àqueles que têm sempre um olhar curioso sobre as coisas.

?O evento é um rico espaço de encontro, em todas as edições foi proporcionado às crianças a construção de conhecimento através da experiência com um caráter intenso de presença, portanto o maior desafio dessa edição foi, sem dúvida, pensar esse espaço em tempos de viver da janela para dentro. De que modo levar poesia e fruição mantendo a identidade afetiva e qualitativa das ações, quais ações virtuais oportunizariam experiências significativas, e como adaptar as linguagens foram os questionamentos que acompanharam todo o processo de curadoria. Entendendo a importância das manifestações culturais -especialmente no agora - pensar essa edição online é também provocar um novo olhar sobre as linguagens, sobre os artistas e suas produções, e sobre o quanto a arte é aberta a dialogar e se transformar no tempo atual.  Em meio a um turbilhão de informações presentes na vida virtual, o Festinfante será uma oportunidade para os pequenos e grandes viajantes da nuvem compartilharem sorrisos, olhares e poesia em rede?, explica a curadora Deda Silveira.

O 4º Festival de Teatro e Artes Integradas para a Infância - Festinfante - Edição Online é realizado pela Patavinas Culturais, por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Governo Federal e Ministério do Turismo, com patrocínio do Fort Atacadista e Grupo Pereira, e o apoio da Celesc. 

RODAS DE CONVERSA AO VIVO:

 

O papel do artista desdobrável com Denise da Luz e Max Reinert (Téspis Cia de Teatro / Itajaí - SC) e Luciano Pontes (Cia Meias Palavras / Recife - PE)

 

Ao vivo: Quarta (23/09) 19h30

 

Sobre a atividade: Nos últimos tempos os artistas têm sentido um acúmulo de funções, para além das suas práticas criativas. Além da criação, muitas vezes também é necessário ser educador, agente social, mediador, produtor, administrador, etc. Em épocas pandêmicas soma-se ainda a necessidade de se adaptar ao universo virtual e audiovisual para manter-se conectado ao público. Como se dá o papel e a lida desse artista desdobrável?

 

Festivais em quarentena com Cassio Correia (Animaneco / Joinville - SC), Poliana Bicalho e Renata Berenstein (Festival Petiz / Salvador - BA)

 

Ao vivo: Quinta (24/09) 19h30

 

Sobre a atividade: Dois festivais compartilham com a gente percepções, possibilidades e desafios acerca da experiência vivida, este ano, com a realização de uma edição no formato completamente digital, dos encontros virtuais no contexto de isolamento social.

 

Lançamento de Livro Pô!Ema e Conversa com a Autora Sandra Coelho (Itajaí/SC)

Ao vivo: Sexta (25/09) 19h30

?Pô! Ema - poesia de criança? foi construído especialmente para e com as crianças. São poemas que nasceram da experiência interativa, do Eranos Círculo de Arte do qual a autora do livro Sandra Coelho e o ilustrador Leandro Maman são integrantes, com crianças durante realizações da performance que mistura teatro, literatura e audiovisual intitulada ?Pô!Ema?. Na performance, uma Ema comedora de letras, convida as crianças a acompanhá-la numa jornada poética onde juntos criam poemas para alimentar seus filhotes.

Crianças na roda: vozes de espectadores com Gilmara Goulart (VEM Espaço Multicultural / Timbó - SC) e Sabrina Moura (Articulando a Plateia / Blumenau - SC)

Ao vivo: Sábado (26/09) 16h

Sobre a atividade: As artistas, produtoras, educadoras e mediadoras Gilmara Goulart e Sabrina Moura recebem crianças, público do 4º Festinfante, para ouvi-las e dialogar acerca das suas experiências e percepções a partir da programação do festival.

Processos e distâncias com Elisa Taemi e Milena Marques (Nascedouro Gestão Cultural / São Paulo - SP) e Fernando Escrich (Lisboa / Portugal)

Ao vivo: Domingo (27/09) 16h

Sobre a atividade: Como tem sido seguir produzindo arte estando isolados? E quando a distância ultrapassa até a fronteira entre países, ainda é possível conduzir um trabalho? Na roda de conversa Processos e Distâncias os convidados vão compartilhar suas experiências de criações artísticas à distância, direção de trabalhos, produção e demais experiências de processo. Elisa Taemi e Milena Marques, produtoras do Grupo Orquestra Modesta, dividem o diálogo da equipe com a produção para o universo digital e a criação de conteúdo para lives. Fernando Escrich soma ainda à conversa sua experiência de morar em Portugal e ser diretor e coordenador de trabalhos no Brasil envolvendo grandes números de artistas.

Live de Encerramento do 4º Festinfante

Ao vivo: Domingo (27/09) - 18h

 

PROGRAMAÇÃO disponível até 27/09/2020

 

Show SÓ PRA RODAR - Cutia Coletivo - PE

Espetáculo CIRCO MINIMAL - Cia. Gente Falante - RS

Espetáculo BRINCANDO DE BONECOS - Marcelo F. de Souza - SC

Espetáculo EL GRAN CIRCO -TEATRO DE LUVAS - Cia Mútua - SC

PA PE LÊ - UMA AVENTURA DE PAPEL - Téspis Cia. de Teatro - SC

HISTÓRIAS CRÔNICAS - Cia Meias Palavras - PE

UM DIA DE CABEÇÃO - Maria Eugênia Tita - SP

Curta-metragem QUEM NÃO TEM CÃO - Novelo Filmes - SC

 Livro mural REMETA - mediação literária e conversa com o autor - Luciano Pontes - PE

A MÃE QUE VOAVA - contação da história e conversa com a autora - Caroline Carvalho - SC 

PARANGOLÉ - oficina artes visuais - Coletivo Nós em Traço - PR 

VIVENDO NOS SONS - vivência musical - Marco Antônio Jagarito - SC

Sexta, 16 de outubro de 2020
UTILIDADE PÚBLICA SEMASA
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros