sexta, 25 de setembro de 2020
11/09/2020 - 16:12

Empresário itajaiense toma posse como novo presidente da Câmara de Material de Construção da Fecomércio SC

Empresário será interlocutor do setor junto ao poder público

O novo presidente da Câmara Empresarial de Material de Construção da Fecomércio SC, Luiz Ricardo Nunes, foi empossado na última quinta-feira (10) durante reunião online. O empresário de Itajaí assume o posto liderado até então por Jorge Guarezi, que estava à frente do órgão desde 2014.

Presidente da Associação de comerciantes de Material de Construção (Acomac) do Litoral e membro do Conselho Deliberativo  da Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco) no biênio 2020-2021, Nunes passa a comandar a Câmara com a missão de ser um interlocutor do setor, trabalhando alinhado à Federação das Associações dos Comerciantes de Material de Construção de Santa Catarina (Fecomac SC).

Entre as primeiras ações previstas pela nova gestão está o debate sobre a Reforma Tributária e a retomada das atividades da Frente Parlamentar em Defesa do Varejo dos Materiais de Construção, instalada na Alesc em agosto do ano passado. "É uma dificuldade enorme para o empresário definir o preço de venda do seu produto em função da complexidade dos impostos incidentes. Precisamos de tempo para cuidar do negócio, não calcular impostos. Por isso, defendo uma reforma tributária ampla", afirma Nunes. Os números mostram a dimensão e força do setor: são 7500 mil estabelecimentos em atividade no Estado, que geram cerca de 44 mil empregos diretos.

A câmara tem caráter consultivo e funciona como fórum de discussão de demandas da categoria em questões tributárias, projetos de leis que impactam na cadeia produtiva, acesso ao crédito, investimentos em infraestrutura, concorrência desleal, PPPs, entre outras. As sugestões e propostas debatidas pela Câmara são encaminhadas à Fecomércio SC, que atua junto aos órgãos deliberativos competentes.

 

Gestão Guarezi

Nos últimos seis anos, o empresário Jorge Guarezi foi porta-voz de um dos setores mais pujantes da economia catarinense. Durante sua gestão (2014-2020) defendeu pautas estratégicas para os empresários de material de construção: projeto de lei que bania a utilização do amianto em Santa Catarina; proposta de nova tabela  de produtos com Margem de Valor Agregado; parceria com a empresa de logística reversa de lâmpadas Reciclus, que rodou o Estado e foi replicada pelas Acomacs nas regiões; revogação da MP 220/2018, que reduzia a alíquota do ICMS para alguns setores desequilibrando o restante da cadeia.

anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros