sábado, 15 de agosto de 2020
07/07/2020 - 13:18

Campanha de Vacinação contra a Influenza está disponível para toda comunidade de Camboriú

Na última semana foi finalizada a 22ª Campanha de Vacinação contra a Influenza. Desde o início da campanha, no mês de março, até o dia 30 de junho a Secretaria de Saúde de Camboriú, por meio do Departamento de Vigilância Epidemiológica, contabiliza cerca de 18 mil doses aplicadas. Mesmo com a antecipação da campanha, por parte do Ministério da Saúde, houve a falta de adesão dos grupos prioritários, na qual não se atingiu a cobertura vacinal em todo país. Por este motivo, as doses estão sendo aplicadas, em quanto tiver no estoque, em toda população do município, nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Centro, Areias, Monte Alegre, Santa Regina, Taboleiro e São Francisco de Assis.

?Mesmo com toda logística organizada para alcançarmos o maior número de pessoas possíveis, dos públicos alvos, houve pouca adesão por alguns, como é o caso das gestantes, crianças e adultos de 55 a 59 anos de idade. Por isso, pedimos para que quem ainda não se imunizou que procure uma unidade básica de saúde mais próxima de suas residências, munidos de documento com foto e a carteira de vacinação?, ressalta Riciela Kolv, coordenadora do Departamento de Vigilância Epidemiológica.
Até o momento a campanha atingiu o público alvo de idosos acima de 60 anos de idade, profissionais da saúde, da segurança, educação de transporte coletivo e do sistema prisional, pessoas privadas de liberdade, povos indígenas, caminhoneiros e pessoas com doenças crônicas, como por exemplo, cardíacas, hipertenso, diabéticos e deficientes físicos, imunodeprimidos, entre outros, sempre mediante a comprovação.
Devido a pandemia, neste ano, a campanha foi antecipada como estratégia de diminuir a quantidade de pessoas com gripe no inverno, facilitando assim, o diagnóstico da síndrome respiratória causada pelo Covid-19. Ao todo, a cobertura vacinal do município foi de 85,50%, entretanto, somente os profissionais de saúde (172,13%) e idosos (163,26%) atingiram a meta proposta pelo Ministério de Saúde. A campanha foi prorrogada até o dia 30 de junho para que os demais grupos conseguissem alcançar a cobertura vacinal, porém, as crianças de seis meses a menores de cinco anos (45,28%), adultos de 55 a 59 anos (45,07%), gestantes (39,36%) e puérperas (16,25%) não concluíram o objetivo ao final da campanha.

Sexta, 07 de agosto de 2020
BOMBINHAS: RODA DE CHORO LIVES
anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros