quarta, 08 de abril de 2020
19/02/2020 - 09:07

Porto de Itajaí registra aumento de 20% em toneladas no mês de Janeiro

Comparação é feita com os resultados do mesmo período de 2019

O Porto de Itajaí iniciou seu ano de 2020 com números positivos. De acordo com o relatório de estatísticas, em janeiro, foram movimentados na APM Terminals (empresa arrendatária do Porto de Itajaí), e Cais Público, 426.118 toneladas, registrando um aumento de 20% em relação ao mesmo período do ano passado.

 

Com referência na quantidade de TEU?s, o Porto de Itajaí também se destacou, apresentando um crescimento de23%, movimentando 39.302 TEU?S (Twenty Foot Equivalent Unit ? unidade internacional equivalente a um contêiner de 20 pés de comprimento), no total de janeiro de 2020.

Consequentemente os números de embarcações atracadas nos berços também aumentaram, passando de 37 para 43 atracações, registrando um aumento de19% na comparação de janeiro 2019 e janeiro 2020, ou seja, dos últimos 12 meses.

 

O Complexo Portuário de Itajaí também apresentou números positivos e expressivos, destacando-se com uma movimentação de 1.103.275 toneladas, o que representou um aumento de 10% na comparação com o mesmo período de 2019. Na quantidade de TEU?s, manteve-se estável com um saldo positivo de 8%, com 99.226 mil unidades movimentadas. Quanto ao número de atracações, o complexo destacou um aumento estável com 94 embarcações, registrando um crescimento de 11%.

 

De acordo comHeder Cassiano Moritz, Diretor Geral de Operações Logísticas da Superintendência do Porto de Itajaí, tradicionalmente o mês de janeiro sempre apresenta uma baixa em geral na sua movimentação, porém, desta vez os números demonstram que o padrão continua seguindo o ritmo de 2019, destacando-se em relação as operações de exportação devido ao aumento da moeda norte-americana (dólar), refletindo diretamente no mercado portuário:

 

?Houve uma modificação no perfil da movimentação de cargas, ou seja, nesse janeiro de 2020 em relação a janeiro de 2019, nós verificamos que a exportação representou 62% na movimentação contra 38% na importação e no ano passado, o seguimento de exportação indicava 55% e a importação 45%. No decorrer do exercício de 2019, tivemos algumas situações que houve maior movimentação de importação. Isso certamente já é reflexo da questão relacionada com a taxa cambial, ou seja, o dólar cresceu em relação ao real, fazendo com que realmente tenhamos um perfil mais favorável para as exportações, historicamente a gente percebe isso, quando há essa oscilação da política cambial ou da taxa cambial, ou seja, o dólar sendo mais forte, normalmente irá refletir na movimentação de exportações?, destacou.

 

Desde que foi apresentado ao público, no início deste ano, os números crescentes do Porto de Itajaí referentes as suas movimentações do triênio (2017/2019), indicam que para este ano de 2020, tendem a ser também favoráveis. Seu potencial se destaca cada vez mais no mercado portuário gerando emprego e renda aos trabalhadores que atuam no setor:

 

?Paranós o Porto de Itajaí é motivo de imensa satisfação e orgulho. Em três anos recuperamos seu prestígio, trouxemos novas linhas e com isso cada vez mais a movimentação de toneladas e de contêineres vem crescendo.  Já estamos trabalhando com os quatro berços e agora estamos atuando pela vinda de navios maiores para todo o complexo, garantindo uma economia cada vez mais forte e potencializando Itajai? no mercado portuário de Santa Catarina e do Brasil?, afirmou o Prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni.

 

Para o Superintendente do Porto de Itajaí,Engº Marcelo Werner Salles, as expectativas serão mantidas, pois todo o efetivo da Autoridade Portuária, juntamente com outros envolvidos que atuam diretamente no complexo, estão trabalhando fortemente na parte da operacionalização de navios maiores, estudando e projetando-se na compra de áreas do porto público (Plano de Expansão Portuária), entre outras ações estruturantes:

 

?São dados que vem demonstrando a reativação da atividade econômica. Nós vimos recentemente que o Estado de Santa Catarina, em nível de industrialização, foi o estado que mais reagiu já no final do último ano e ano e no início desse semestre. Como hoje nós temos essa representatividade nas exportações dos produtos industrializados, em 2019 por exemplo, fomos responsáveis por 71% das cargas industrializadas em Santa Catarina e exportadas por aqui, apontando crescimento?, lembrou Salles.

 

No Terminal PORTONAVE (Porto de Navegantes), foram registradas no mês de janeiro, 46 escalas de navios atracados, destacando um crescimento de 5% em relação ao mesmo período do ano anterior. Sua movimentação total de cargas registrada em janeiro foi de 670.472 toneladas, registrando-se um crescimento de 5%. No somatório de TEU?s, o montante chegou a marca de 59.930 contêineres de 20 pés, destacando um equilíbrio na sua movimentação, em relação ao mesmo período de 2019.

 

Os demais terminais privativos registraram as seguintes movimentações de navios e cargas no mês de janeiro:

 

A BRASKARNE nãoregistrou nenhuma escala. Verificando-se uma queda de 100% na movimentação de cargas em relação ao mesmo período do ano anterior, que registrou uma escala com3.097 toneladas movimentadas.

 

O terminal TEPORTI registrou 1 escala com 2.685 toneladas, apontando uma queda de 37% na movimentação de cargas em relação ao mesmo período de 2019, quando foram totalizadas 3 escalas com 8.756 toneladas movimentadas.

 

APOLY TERMINAIS registrou uma escala com 4.000 toneladas, verificando-seuma queda de 20% na movimentação de cargas em relação a 2019.

 

No terminal BARRA DO RIO foram registradas 2 escalas sem movimentação de cargas.

 

PRINCIPAIS PRODUTOS MOVIMENTADOS:

 

Exportação:

 

No segmento de exportações, as mercadorias que mais apresentaram crescimento no mês de janeiro foram: Carnes (60,2%), Produtos Químicos (58,2%), Papel e Derivados (16,5%), e Frango (13,3%).

 

Importação:

 

Nas importações, destaque para as seguintes mercadorias com percentuais de aumento: Plásticos e Borrachas (158,6%), Alimentos em Geral (14,6%), Mecânicos e Eletrônicos (13,5%) e Cerâmica e Vidros (10%).

 

LIMITES OPERACIONAIS:

 

O maior calado de entrada registrado no mês de janeiro foi de 11,70 m e de saída, 12,30 m.

 

Obs: O relatório completo de estatísticas referente ao mês de janeiro de 2019 pode ser conferido no link abaixo:

 

http://www.portoitajai.com.br/novo/estatisticas/212/Estat%C3%ADstica%20de%20Janeiro%20de%202020

 

 

Texto e Fotos: Luciano Sens ? Secretário Geral de Comunicação Social do Porto de Itajaí (SECOM/SPI).

anuncie no Jornal | comunicar erro | fale conosco
Todos os direitos reservados - 2009-2015 Jornal dos Bairros